WEB RÁDIO JESUS A VIDA

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

O CORPORATIVISMO E A IGREJA

Em qualquer esfera o corporativismo é algo execrável.


Transformando a sociedade

A igreja está colocada no mundo para servir e para favorecer a sociedade, tanto na área espiritual como também na social, na primeira deve trabalhar para que a salvação possa ser levada ao descrente, e através dele estar interagindo para a transformação dos usos e costumes seculares e na mudança da visão do sentido da vida, na segunda deve buscar o bem estar do próximo agindo de forma a favorecer o seu entorno, tornando-se um organismo aceito e bem visto por todos e não um apêndice indesejável que deve ser extirpado. Em qualquer esfera o corporativismo é algo execrável.
Creio que em sã consciência ninguém é contra o projeto “Psiu”, e que a igreja deveria ser a primeira a apoiá-lo, pois sem dúvida e muito útil a comunidade, como a igreja se tornou um corpo estranho nos locais em que se instalou, dando ênfase a exploração dos fieis e dos incautos, através de muito barulho, sofreu todo tipo de perseguição quando do início desse programa, o qual também não cumpria o objetivo para que fora criado. O que deveria ocorrer era um trégua para que as igrejas se adequassem as regras, como também todos os estabelecimentos que ferissem os limites toleráveis de sonoridade e não a descriminação desse seguimento da sociedade.
Porém o pior de tudo é se agir corporativamente usando de autoridade delegada por todos, e para servir a todos, para favorecer apenas alguns iguais. É lamentável e mais uma vez perdemos a chance de ser idôneos, íntegros, não retaliando nossos algozes, mas ensinando a eles um novo caminho  de cooperação e respeito, tanto as leis como aos direitos gerais, fazendo leis que preservassem a igreja, mas que em seu bojo favorecessem a toda a sociedade, seja ela da mesma fé ou não.
Como cristãos o nosso protesto por terem irmãos delapidado o interesse geral a favor da aquisição de um direito discutível de não respeitar o sossego do próximo, ao invés de gastar o tempo aperfeiçoando uma proposta justa que preservasse a igreja e que auxiliasse o não crente a desfrutar seu laser prazeirosamente, e com o coração agradecido. Creio que assim  ficamos mais distantes e mais antipáticos a sociedade, a qual deveríamos conquistar para os trazer a Cristo.
Cláudio Pinto
PASTOR

Postado do Blog Acorde Discorde:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.