WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

CRIADA COMISSÃO MISTA DE ACOMPANHAMENTO E DEFESA DO *IPREJ

(...) Ressalta que os trabalhadores precisam se apropriar da situação do Instituto para ter consciência de como será garantido seu direito a aposentadoria.

*Instituto previdenciário de Jequié

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas
A situação do IPREJ – Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié – permanece na pauta de discussões no início deste ano. A Comissão Mista de Acompanhamento e Defesa do Instituto, criada em 23jan19, durante reunião envolvendo representantes da APLB, Sinserv, Sind-ACS/ACE, Conselheiro de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, além de servidores ativos e inativos, deverão se reunir novamente no próximo dia 12 de fevereiro. Um dos principais itens abordados é a dificuldade de efetuar o pagamento aos segurados dentro do prazo. No encontro do dia 23, a diretora da APLB/Sindicato, Caroline Moraes, apresentou dados informados pelo IPREJ de abril de 2018, onde constam receita e despesa do Instituto de Previdência, e nas contas desde então os números já apresentavam desequilíbrio entre o que se recebe e o que se paga. “A dificuldade já se arrasta há algum tempo e já foi discutida pela diretoria do Sindicato em várias ocasiões, inclusive, também, em reuniões conjuntas com outras entidades sindicais, conselhos e com a presidência do Instituto”, relatou.
Caroline salientou que a dificuldade do IPREJ em honrar com o pagamento dentro do prazo estabelecido em Lei Municipal, deve-se a falta de repasses (valor descontado dos trabalhadores municipais) e ao pagamento do Patronal (valor que cabe a PMJ sobre cada folha de pagamento dos servidores municipais efetivos de todas as secretarias) para o Instituto em tempo hábil. “Isso é uma responsabilidade da Gestão municipal e também da Secretaria de Saúde do Município de Jequié. Cabe ao município honrar com suas obrigações para que o IPREJ também efetue em dia o pagamento dos seus segurados. Pessoas que tanto contribuíram para o município”, destacou.
O presidente do SIND-ACS/ACE, Erlon Cruz, ressalta que os trabalhadores precisam se apropriar da situação do Instituto para ter consciência de como será garantido seu direito a aposentadoria. Também reitera a necessidade de uma fiscalização constante do Conselho Fiscal, que no momento já tem seus membros nomeados. Venício Lucena, presidente do SINSERV, lamentou a ausência de representantes do IPREJ na reunião. Afirmou que dados apresentados em reunião conjunta com os sindicatos em abril de 2018, constavam que o IPREJ tinha uma pequena reserva para administrar suas despesas, mas essa economia não deve ser utilizada de forma alguma para assumir a responsabilidade da gestão com a folha. Silvino Rodrigues, presidente do Conselho Municipal de Saúde, disse que a dívida existe se configura um calote aos servidores municipais.
O OUTRO LADO
De acordo com relatório divulgado pela APLB, a assessora técnica do secretário de saúde do município de Jequié, Márcia Cristina dos Santos Silva, a gerência da citada secretaria não tem autonomia absoluta porque depende de parte dos repasses da Prefeitura. “Reafirma que a dívida é histórica e que a SMS busca dialogar com a PMJ a melhor forma para sanar a situação da saúde, assumindo as suas responsabilidades, mas dentro de suas possibilidades”. Consta ainda do Relatório que a assessora informou que tem buscado a solução e que a Gestão atual da SMS, tem tentado cumprir com suas obrigações para com o IPREJ, desde a sua posse nos três últimos meses. 
A diretora administrativo-financeira, Márcia Rodrigues Santos Rabelo de Oliveira, por sua vez, relatou que assim que o novo secretário assumiu a pasta da saúde, foi feito por ela um levantamento de informações sobre a dívida da SMS com o IPREJ e com os consignados. Ao concluir o levantamento e para sua surpresa havia um montante muito alto. Informou que de posse dos dados referentes à dívida do IPREJ, chamou o Presidente do Instituto e que o mesmo confirmou a falta de repasse da SMS para o IPREJ. Finalizou dizendo que a atual gestão da Secretaria Municipal de Saúde, desde que assumiu a Secretaria, vem tentando mês a mês, mesmo com dificuldade, honrar as suas obrigações com o Instituto de Previdência.
VIDE MATÉRIA RELACIONADA E COMPREENDA O CASO:

Postado do Blog Jequié e Região:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.