WEB RÁDIO JESUS A VIDA

segunda-feira, 15 de julho de 2019

OPERAÇÃO SALOMÃO

O dia em que um Boeing 747 levou 1.122 pessoas de uma só vez

Esse feito perdura até hoje como o recorde de pessoas transportadas em um único voo por um avião comercial, e dificilmente será batido.

OPERAÇÃO SALOMÃO - ESTADO DE ISRAEL

Em maio de 1991, a Etiópia estava em meio a uma guerra civil e a capital Addis Abeba prestes a ser tomada por forças rebeldes. Enquanto isso, acaloradas negociações entre Israel e o Governo etíope se desenrolavam na tentativa de apressar o processo de retirada dos judeus do país que, até aquele momento, eram tratados como peões políticos pelo governo do então presidente Mengistu Haile Mariam, sendo usados como moeda de troca por armas e material de guerra.
Com o apoio dos Estados Unidos e de uma carta do Presidente George H. W. Bush diretamente ao mandatário etíope, os africanos finalmente decidiram ceder e cooperar com a operação de resgate, que já vinha sendo secretamente desenhada havia um ano.

O acordo com os etíopes previa executar o plano de resgate a partir de 24 de maio, com duração de alguns dias. No entanto, em 21 de maio, Mengistu fugiu do país temendo por sua vida. Israelitas e americanos tiveram então que correr contra o tempo para costurar um novo acordo com o governo de transição e com os rebeldes. Um novo acerto foi logrado; apesar de Israel ter de pagar US$ 35 milhões e se comprometer em concluir a operação em apenas três dias, o resgate poderia ser feito.
Detalhes do plano foram mantidos totalmente em segredo do mundo até o último minuto. Apenas na manhã de 24 de maio, dia do resgate, é que os judeus etíopes, que a esse momento já estavam em campos de refugiados, foram informados sobre o viria a acontecer.

A principal parte da operação seria por via aérea, com dezenas de voos “camuflados” e uma janela curta de tempo para resgatar mais de 14 mil judeus. Quando o cronômetro disparou, uma frenética operação foi posta em prática com apoio de 35 aeronaves comerciais e militares e mais de 500 pessoas. Visando acomodar tantas pessoas quanto fosse possível, vários dos aviões foram despojados de seus assentos e, para evitar retaliações, o nome El Al e a bandeira de Israel foram removidos das fuselagens.
Uma curiosidade é que, como o resgate começou numa sexta-feira e teria que continuar ao longo do sábado, o Sabbath judaico, uma permissão especial foi dada pela congregação dos rabinos já que tinha o objetivo de salvar vidas. É importante lembrar que os judeus guardam o sábado e não realizam nenhuma atividade.

BOING 747-200C, SIMILAR AO USADO NA OPERAÇÃO

Um Boeing 747-200C (4X-AXF) foi o primeiro a decolar de Tel Aviv, às 12h58 da sexta-feira. Previamente usado para carga aérea, ele foi convertido para passageiros em 24 horas. Com pitch limitado a 74 cm, sem galleys e com apenas quatro banheiros, nada menos do que 760 assentos foram instalados.
No comando do voo estava o diretor de operações da El Al, Arie Oz. Nos anos 1960, Oz fora o piloto pessoal do imperador etíope Haile Selassie. Em 1976, ele foi o primeiro piloto a pousar em Entebbe, Uganda, quando Israel resgatou os reféns de um voo da Air France que havia sido sequestrado por terroristas.
Os 2.575 Km entre Tel Aviv e Addis Abeba foram cobertos em 3h15 e os países na rota foram notificados sobre a natureza humanitária da operação.

COMANDANTE ARIE OZ
Sem perder tempo, logo após o pouso, filas de refugiados foram rapidamente embarcados no jumbo.
Até seis pessoas eram espremidas nos quatro assentos do meio, enquanto que até quatro eram colocadas nos três assentos das janelas. O peso da aeronave não era um problema, já que os africanos eram muito leves e não carregavam bagagem. Médicos e guardas armados também foram embarcados e apenas água foi servida durante o voo.

Quando o 747-200 fechou suas portas para a viagem de volta, a contagem de pessoas foi de incríveis 1.087. Esse número já seria um recorde, mas foi batido duas vezes ao longo do voo. Isso por que um bebê nasceu no trajeto, aumentando a contagem para 1.088 e, após o pouso, uma nova contagem revelou que, na verdade, haviam 1.122 pessoas, já que várias crianças e bebês não haviam sido contados.
Esse feito perdura até hoje como o recorde de pessoas transportadas em um único voo por um avião comercial, e dificilmente será batido.

A El Al fez 11 voos durante a operação, transportando quase a metade dos 14.325 imigrantes. Os três primeiros voos foram com Boeing 747s, entretanto Boeing 767 e 757s também foram empregados. A Força Aérea Israelense fez mais de 30 voos com seus Boeing 707 e C-130 Hercules. A Ethiopian Airlines fez um voo com Boeing 757. Nenhum dos aviões militares tinha assentos e os refugiados foram colocados no chão.
A chegada foi marcada por aplausos e festa. No aeroporto Ben-Gurion, em Tel Aviv e nas bases aéreas adjacentes, os imigrantes, andavam, se arrastavam ou eram carregados pelas escadas das aeronaves. Muitos vestiam apenas mantos, outros estavam descalços e alguns carregavam suas poucas e humildes posses. Alguns se ajoelharam e beijaram o solo da terra prometida, com um sentimento de alívio e paz.
Ao meio-dia de sábado, o último avião decolou de Addis Abeba. Uma hora depois, a Ethiopian Airlines comunicou que estaria encerrando operações na capital por que os rebeldes estavam invadindo a cidade. No domingo, os rebeldes capturaram o aeroporto.

Mais de 400 pessoas foram levadas num Boeing 707 da Força Aérea Israelense


USANDO PC BAIXE O VOLUNE DE SEU EQUIPAMENTO


Postado do Portal Aero In:https://www.aeroin.net/o-dia-em-que-boeing-747-levou-1-100-pessoas-de-uma-so-vez/

sábado, 13 de julho de 2019

ATIVISTAS GAYS QUEREM USAR O "LEMA" DO CHILE "POR LA RAZÓN O LA FUERZA" PASSANDO POR CIMA DE TODA DISCUSSÃO EM TORNO DA PL 122/2006 "LEI DA MORDAÇA", AGORA COM A FINALIDADE DE IMPLANTAR A PNDH 3 EDITADA PELO EX-PRESIDENTE E ATUAL PRESIDIÁRIO DE CURITIBA AFRONTANDO AS FAMÍLIAS BRASILEIRAS???

Militantes LGBT pedem que STF obrigue escolas a ensinarem ideologia de gênero

Resultado de imagem para Militantes LGBT pedem que STF obrigue escolas a ensinarem ideologia de gênero
SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - BRAZIL
Sem representatividade no voto popular, ativistas LGBT têm optado por tentar a imposição de sua visão de mundo em temas como ideologia de gênero, por exemplo, através da via judicial. Agora, um grupo militante quer que esse tema se torne obrigatório nas escolas e foi ao STF para garantir isso.
A cidade de Londrina (PR) aprovou uma lei que proíbe o ensino da ideologia de gênero nas escolas municipais de Ensino Fundamental, que recebe alunos de 6 a 14 anos de idade. Mas, um grupo de ativistas LGBT decidiu recorrer ao Supremo Tribunal Federal contra a lei.
“A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e a Associação Nacional de Juristas LGBT pediram ao Supremo para derrubar uma lei de Londrina (PR) que proíbe o ensino da ‘ideologia de gênero’ nas escolas de ensino fundamental”, informou o portal O Antagonista.
Os militantes LGBT tiveram sua causa sorteada internamente, e o mais progressista dos integrantes da Corte foi o selecionado para analisar o caso. “Foi sorteado como relator o ministro Luís Roberto Barroso, notório pela defesa dos direitos de trans e homossexuais. A decisão do STF terá efeito geral: se o conteúdo for liberado, outras cidades e estados não poderão proibi-lo”, acrescenta o jornalista Renan Ramalho.
Essa ação vai em sentido contrário ao pensamento popular que, dentre outros motivos, elegeu o presidente Jair Bolsonaro (PSL) em 2018. A plataforma conservadora do então candidato previa o combate à ideologia de gênero nas escolas públicas do país.
O governo vem mantendo a mesma postura. Ainda nesta sexta-feira, 12 de julho, Bolsonaro voltou ao assunto em uma live nas redes sociais e novamente criticou a doutrinação nas escolas e, inclusive, afirmou que o documento apresentado pelo Brasil ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) prevê a “defesa dos valores familiares”.
A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou recentemente que as ações de sua pasta são voltadas para a conscientização de que a ideologia que sugere que o gênero seja uma construção social não tem embasamento e não conta com o apoio unânime no segmento LGBT da sociedade.
“Há uma diferença entre ideólogos de gênero e os movimentos LGBT. Os ideólogos usaram esses movimentos para implantar sua própria ideologia. Ela vem com a premissa de que que ninguém nasce homem e ninguém nasce mulher, mas sim que isso é uma construção social […] Essa ideologia que questiono porque ela ainda não está firmada, não tem nenhum respaldo científico […] E o meu combate é que trouxeram para a infância. A criança não está pronta para discutir uma teoria que não tem respaldo científico ainda. Aí me chamaram de homofóbica, porque eu discutia a ideologia de gênero, mas esqueceram que eu sou apaixonada pelos homossexuais, pelas lésbicas e pelos travestis”, comentou Damares Alves.

Postado do Blog Gospel Mais:
Imagem: Google

quinta-feira, 11 de julho de 2019

QUEM É O PROCURADOR DO TCU QUE QUER IMPEDIR A TODO CUSTO O COAF DE INVESTIGAR GREENWALD?

Furtado tem boas relações com Dilma Rousseff desde o tempo em que a presidente eleita era ministra da Casa Civil.

Lucas Rocha Furtado - Procurador

Quando o Ministro Sérgio Moro esteve na Câmara dos Deputados para dar explicações sobre as supostas mensagens trocadas com o procurador Deltan Dallagnol e publicadas no site Intercept, foi questionado sistematicamente por deputados opositores ao Governo sobre um possível pedido feito pela Polícia Federal ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) para investigar as movimentações financeiras de Glenn Greenwald.
Na ocasião Moro lembrou que a Polícia Federal tem absoluta autonomia para conduzir investigações e que portanto não caberia a ele responder à estas perguntas.
O MP junto ao TCU parece ter comprado a idéia de perseguição ao jornalista gringo vendida pela esquerda. No sábado, dia 06, a pedido do Subprocurador Lucas Rocha Furtado guarde este nome) o ministro do TCU, Bruno Dantas deu prazo de 24 horas para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do COAF, Roberto Leonel de Oliveira, esclarecessem se o jornalista estava sendo investigado ou não.

Em resposta o COAF foi peremptório em afirmar que “não realiza investigações, nem mesmo a pedido da PF ou de qualquer outro órgão, tampouco “analisa financeiramente as contas” de pessoas físicas ou jurídicas” e concluiu dizendo que ” ao longo de vinte anos de existência, o Coaf não se pronuncia sobre casos concretos, tampouco acerca de matérias e especulações jornalísticas ou de qualquer natureza.”

A partir daí as coisas começaram a ficar…digamos assim, um pouco “estranhas“. 
Não satisfeito com a resposta do COAF, o Subprocurador em sede de cautelar pediu ao TCU uma inspeção in loco para saber se o COAF e o Ministro Paulo Guedes disseram realmente verdade.
Ora, por que tanto empenho em saber se há investigação ou não sobre Greenwald?
Para se conceder uma cautelar se faz necessário demonstrar o que se chama de fumus boni iuris (fumaça do bom direito), ou seja, indícios claros dos fatos que sustentem o pedido. Quais seriam esses indícios, as especulações jornalísticas como disse o COAF? ou as acusações feitas pelo PT no calor das discussões na Câmara?

Lucas Furtado foi aquele procurador que gastou R$ 16 mil em diárias para passar 25 dias em Portugal ( clique e confira). Foi ele também que pediu a abertura de apuração sobre o veto do presidente Jair Bolsonaro à polêmica campanha publicitária do Banco do Brasil ( clique aqui) e o mesmo que representou ao TCU para que se apurasse “o possível direcionamento de verbas publicitárias” pelo atual governo, quando então a Globo passou a receber menos que Record e SBT. ( clique aqui )

Em 2010 a Revista Época publicou que Furtado tem boas relações com Dilma Rousseff desde o tempo em que a presidente eleita era ministra da Casa Civil. ( clique aqui))
Para finalizar, em sua petição ao TCU pedindo a inspeção in loco do COAF, o subprocurador cita a música “o pato” de João Gilberto. Qualquer comparação com o “pato da Fiesp” não é mera coincidência tá!
O pato      
Vinha cantando alegremente    
Quém! Quém!  
Quando um marreco sorridente pediu       
Para entrar também no samba 
No samba, no samba

Postado do Portal Pará Web News:

quarta-feira, 10 de julho de 2019

"SERÁ O PRÓPRIO AVIÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA QUE TERÁ AS HONRAS DE FAZER O VOO INAUGURAL DE NOSSO AEROPORTO"

Conquista: Palácio do Planalto confirma vinda do Presidente Bolsonaro para inauguração do Aeroporto Glauber Rocha

PRESIDENTE BOLSONARO INAUGURARÁ AEROPORTO NA BAHIA

Foto: Reprodução
O palácio do Planalto acaba de confirmar a vinda do Presidente Jair Bolsonaro para a entrega do aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista - Bahia, no dia 23 de julho
O aeroporto é uma construção do Governo Federal que será entregue pelo Presidente da República. Em seu perfil no facebook o Prefeito Herzem Gusmão disse: Com a vinda, fortalecemos as nossas relações com o Governo Federal e prestigiamos Conquista com uma celebração de peso: será o próprio avião da Presidência da República que terá as honras de fazer o voo inaugural de nosso aeroporto. 
Deus no comando!

Postado do Portal Poções:
Resultado de imagem para portal poções logo

http://www.adelsonmeira.com.br/2019/07/10/conquista-palacio-do-planalto-confirma-vinda-do-presidente-bolsonaro-para-inauguracao-do-aeroporto-glauber-rocha/?fbclid=IwAR3SLb8BTZqMoI6vg2ytOdypfTTwDiO_piGO9c7vmlWiIjyPuf9oK2_Ud00

terça-feira, 9 de julho de 2019

SOLIDARIEDADE - É FAZER A SEGUINTE PERGUNTA: "E SE FOSSE COMIGO?"

Amigos se unem em prol da saúde de Ailton dos Anjos


Amigos se unem em prol da saúde de Ailton dos Anjos
CANTOR DE SERESTA - AILTON DOS ANJOS

O Cantor Ailton dos Anjos, está enfrentando problemas de saúde e para ajudá-lo amigos estão organizando para o dia 10 de agosto 21 horas, um show beneficente no Centro de Evangelização e Unidade - CEU - Rua Estado de Israel, no bairro São Judas Tadeu, próximo a Av. Cesar Borges. 

O objetivo é juntar recursos com a venda dos ingressos para contribuir no tratamento. O evento deverá contar com a participação de muitos outros artistas da cidade e até da região, quem quiser ter outras informações pode entrar em contato com Maria Rosa Aquino ou com o líder comunitário Rosalino Pereira.

Postado do Blog Jequié News:

segunda-feira, 8 de julho de 2019

NOVO MINISTRO DE BOLSONARO, GENERAL EVANGELICO DIZ QUE PEDIU À DEUS "A SABEDORIA DE SALOMÃO"

Afirmou que tem pedido a Deus “a sabedoria de Salomão e a capacidade e articulação de José do Egito” 

TIAGO CHAGAS

Resultado de imagem para General Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira
PRESIDENTE BOLSONARO E GEN. LUIZ EDUARDO
O General Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira transmitiu o posto de chefia do Comando Militar do Sudeste (CM-SE) na última quarta-feira, 03 de julho. Agora, o militar evangélico irá ocupar a Secretaria de Governo do Presidente Jair Bolsonaro (PSL) e foi enfático ao se despedir dos colegas de farda: “Orem por mim”.
Luiz Eduardo Ramos deixa o CM-SE, que agora será comandado pelo general Marco Antonio Amaro dos Santos, para trabalhar diretamente com o Presidente Bolsonaro no Palácio do Planalto. Em seu discurso de despedida, afirmou que tem pedido a Deus a inspiração que marcou dois personagens bíblicos do Antigo Testamento.
Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, Luiz Eduardo Ramos afirmou que tem pedido a Deus “a sabedoria de Salomão e a capacidade e articulação de José do Egito” para ajudar Bolsonaro na tarefa de conduzir o país. “Orem por mim em Brasília”, reiterou o general.
A cerimônia de transição do Comando Militar do Sudeste foi acompanhada pelo vice-presidente, general Antonio Hamilton Mourão (PRTB) e pelo próprio Bolsonaro. Essa foi a primeira vez desde o retorno das eleições diretas que um presidente assistiu à cerimônia de transmissão de comando no CM-SE.
Ramos afirmou que sentia dor no peito por deixar a farda, mas gostaria que os amigos feitos durante seu tempo à frente do CM-SE se lembrassem dele com estima: “Sei que sou um general impetuoso e agoniado, mas assim sou e não mudarei”, afirmou, acrescentando que a farda “permanecerá impregnada até a minha medula”.
“O coturno [ficará guardado] no armário com o sentimento de cumprimento do dever e o amor à Pátria. Jamais deixarei de ser soldado. Não importa a aparência externa e sim a essência. Sou combatente. Assim minha alma foi forjada nesses 46 anos de serviço”, enfatizou.
Ao final, agradeceu Bolsonaro pela “honrosa missão imposta pelo senhor” e afirmou que espera ajudar na reconstrução do país: “Obrigado, presidente, por confiar em mim tarefa vital. Sob a sua liderança, alçaremos voos juntos e nos lançaremos nesse salto gigante rumo ao futuro mais promissor do Brasil”.
Postado do Portal Gospel Mais:

sexta-feira, 5 de julho de 2019

PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO JÁ COMEÇOU INCOMODAR A OPOSIÇÃO!!! AGORA É A HORA DA UNIDADE EM TORNO DO POSSÍVEL CANDIDATO.

Jequié: Pré-candidatura de Roberto Pina ganha visibilidade


EX-VEREADOR ROBERTO PINA E ANTÔNIO BRITO


Cresce os comentários, interesses e especulações a respeito do pré-candidato a prefeito, Roberto Pina, nas ruas de Jequié. Articulações estão sendo realizadas na cidade no intuito de desestabiliza-lo, contudo, sua possível pre-candidatura ganha visibilidade. Informações  seguras dão conta que o  Deputado Federal  Antônio Brito e seu grupo querem minar a estabilidade de Pina na própria  família.
Já não bastasse a intriga criada pelo deputado entre os  irmãos Iossef,  Antonio Brito, segundo especulações, tem buscado apoio na família de Roberto Pina tentando desarticular a união de pai e filha. Tudo isso pode ser uma estratégia pensada, uma farsa  para dividir o eleitorado e enganar mais uma vez o povo de Jequié, uma vez que ele, no pleito passado ajudou a eleger o atual prefeito.



Nenhuma descrição de foto disponível.





Postado do Blog de Zenilton Meira:

quinta-feira, 4 de julho de 2019

"OS QUE ESPERAM NO SENHOR, A SOMBRA DO ONIPOTENTE DESCANSARÁ..."

Processo contra procurador evangélico da Lava-Jato é arquivado pelo Conselho Nacional do MP

Resultado de imagem para procurador deltan dallagnol é evangelico
PROCURADOR DELTAN DALLAGNOL - FUTURO MINISTRO DO STF
O Procurador Deltan Dallagnol foi alvo de um processo disciplinar após ter suas mensagens invadidas por um hacker. No entanto, o Conselho Nacional do Ministério Público decidiu arquivar a ação.
Dallagnol foi um dos procuradores que atuam na Operação Lava-Jato que foi alvo de uma invasão ilegal por um hacker em seu celular, e teve parte de suas conversas com o então juiz Sérgio Moro reveladas pelo portal de esquerda The Intercept BR, dirigido pelo jornalista Glenn Greenwald.

A decisão do Conselho Nacional do Ministério Público pelo arquivamento foi tomada após a constatação de que não houve nenhuma infração disciplinar por parte de Dallagnol, nem pelos outros integrantes da força-tarefa.
O corregedor do CNMP, Orlando Rochadel, produziu um relatório de 20 páginas e afirmou que as conversas publicadas pelo Intercept foram obtidas de forma ilegal, com a invasão dos celulares, além do fato de que não há comprovação da veracidade das mensagens, se houve adulteração do conteúdo e que não há indícios de infração funcional nos supostos diálogos.
De acordo com informações do Jornal Nacional, Rochadel pontuou que “não se identifica articulação para combinar argumentos, conteúdo de peças ou antecipação de juízo ou resultado”, e acrescentou: “Não se verifica indicação de compartilhamento de conteúdo de peças decisórias ou que os atos do magistrado foram elaborados por membros do Ministério Público […] Ainda que as mensagens fossem verdadeiras e houvessem sido captadas de forma lícita, não se verificaria nenhum ilícito funcional”.
O ´Procurador Deltan Dallagnol não quis se manifestar sobre a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público. O caso ainda está sendo investigado pela Polícia Federal, que adota diferentes linhas de investigação para descobrir quem financiou e ordenou a invasão dos celulares dos integrantes da Operação Lava-Jato.
Fontes ligadas ao Diretor-Geral da PF, Maurício Valeixo, garantem que a análise de documentos apreendidos numa operação contra a atuação de hackers em Santa Catarina será decisiva para conferir o envolvimento de agentes internacionais na invasão dos celulares das autoridades brasileiras.
Postado do Portal Gospel Mais: