WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 30 de junho de 2018

PASTOR QUESTIONA: “PARA QUE SERVE UMA CONVENÇÃO EVANGÉLICA?”

Para que serve uma convenção religiosa? Só para encontros de Assembleia Geral Ordinária (AGO), Escola Bíblica de Obreiros (EBO) e/ou outras reuniões administrativas, uma ou duas vezes ao ano. O grito dos associados do interior e capital é grande, eles se sentem desamparados pela instituição em que é filiado.

Por Pastor Itamar Ribeiro, filiado à CONFRAMADEB

Itamar Ribeiro de Souza
é pastor da Assembleia de Deus Emanuel de Feira de Santana-BA

A palavra [convenção], etimologicamente, é originária do Latim conventio. Na língua portuguesa é um substantivo feminino, dentro da classe gramatical, e diversos são os seus significados: acordo, pacto, congresso, conferência, entre outros. Com o crescimento das instituições religiosas, essa prática tornou-se muito comum nos seus meios, mas, na realidade, o que representa, quais os benefícios práticos que trazem para seus membros, igrejas filiadas e a coletividade em geral?
Trocando em miúdos, convenção é uma entidade civil de natureza religiosa, com fins não-econômicos, com nome, seguido de uma sigla para facilitar a citação pelo membro, ou não, com personalidade jurídica própria, podendo se estender em todo território nacional. Para se tornar uma [convenção religiosa] ou dar personalidade jurídica à instituição, faz-se necessário de estatuto inserido de capítulos, artigos, parágrafos, cargos, finalidades e tantos dispositivos, que, na realidade, é só para compor o que determina as normas. Atrelado ao estatuto, um regimento interno auxilia o gerenciamento. A pergunta que paira em diversos membros ou filiados é a seguinte: qual o verdadeiro objetivo de uma convenção religiosa?
Ou: para que serve uma convenção religiosa? Só para encontros de Assembleia Geral Ordinária (AGO), Escola Bíblica de Obreiros (EBO) e/ou outras reuniões administrativas, uma ou duas vezes ao ano. O grito dos associados do interior e capital é grande, eles se sentem desamparados pela instituição em que é filiado.

Eleição
Em época eleitoral para compor cargos de diretoria, a guerra é grande. A política eleitoral entre os membros é cerrada, até promessas são feitas no período que antecede a eleição. [Vamos melhorar isso ou aquilo], [essa diretoria vai ser transparente] e tantas e tantas promessas em vão. Na verdade, os concorrentes desejam ser agraciados por cargos e, na maioria das vezes, só compõem. Ao longo do mandato nada fazem, senão apenas afirmar e propagar [sou membro da diretoria].

Contribuição
Em cada convenção religiosa é estabelecida uma contribuição financeira chamada de anuidade *(Fundo Convencional). Todo membro é obrigado a contribuir religiosamente (literalmente falando) com o valor estabelecido na Assembleia Geral Ordinária-AGO. Se o membro não estiver em dia com sua anuidade, não participa das assembleias ordinárias e também não tem direito a voto.
Existem convenções religiosas em que a instituição (igreja) e seu dirigente são membros e contribuintes, ou seja, são autônomas ou domiciliares e têm liberdade para filiação a uma convenção. Em outras, só o dirigente. Ambos, geram receitas para as convenções.
LOIS BARRETT, AUTORA DE UM POPULAR LIVRO SOBRE ESSAS IGREJAS, DECLARA QUE [UMA COISA QUE TODAS AS IGREJAS DOMICILIARES TÊM EM COMUM É UMA CONVENÇÃO] (BUILDING THE HOUSE CHURCH, PÁG. 29).
Seria importante que essas instituições cristãs, que são agregadas às convenções religiosas, tivessem um olhar especial, para as que são implantadas em regiões carentes, em especial na Bahia, ou em outro estado da Federação. Líderes que vivem pela FÉ e lutam para manter sua anuidade na instituição (convenção), cujo retorno é quase zero ou mesmo zero.
Além disso, se não bastasse uma convenção estadual, o membro deve ser filiado à uma Convenção Geral ou Nacional, honrando com o valor de sua anuidade, para ter direito, vez e voto. E a dúvida prossegue. Qual o benefício social que a convenção religiosa promove para seu associado? Para ser mais claro, o que essas entidades (convenção) têm promovido na vida social de todos que fazem parte, direta ou indiretamente? Onde essa receita da anuidade é aplicada? Quais investimentos feitos em prol da sociedade religiosa? Há transparência na prestação de contas, ou só um relatório é lido em épocas adequadas?
Inclusão
Vivemos num país democrata. Os projetos de lei que afetam a sociedade cristã são discutidos em comissões no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas, nas Câmaras de Vereadores e não se vê atuação autêntica das ditas instituições em defesa de sua comunidade. Ora, se o objetivo das instituições é permanecer silenciosa, como vemos na atualidade, qual é a classe que elas – [as convenções] – representam?
Trazemos aqui um exemplo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que tem exercido papel na defesa da sociedade como um todo, não importando se é ou não do interesse dela em projetos que tramitam no Congresso Nacional e em outras casas legislativas, quer seja através de representantes legais ou através de nota pública aberta. Por que não exercermos o mesmo expediente? É necessário agir.
Portanto, é o momento dos representantes das convenções religiosas se manifestarem em público, participando ativamente de audiências públicas, nota pública nos entes federados, em defesa da sociedade que lhes prestigiam, lhes remuneram e não apenas através dos legisladores evangélicos que atuam nas casas legislativas. É necessário que tenham sua representatividade legal nas discussões públicas, em projetos que comprometam a sociedade cristã.
Além de despertar as convenções regionais da Bahia, que é meu Estado de origem, para maior envolvimento como entidade representativa nos entes federados, dando assim um retorno à sociedade que representa, previno às Convenções Nacionais, ou representativas por regiões, para a envoltura que o fato requer.
É preciso correr contra o tempo e sermos transparentes para a sociedade cristã que ora a convenção representa, antes que seja tarde. Estamos na era cibernética e a juventude está alerta e visionária, vivendo num mundo tecnológico que se aproxima de tudo e de todos. É tempo de refletir. Aproveitemos positivamente nosso tempo e também nossos templos.

Itamar Ribeiro de Souza é Pastor da Assembleia de Deus Emanuel de Feira de Santana-Ba, Professor Acadêmico, Escritor, Teólogo, Pedagogo e Jornalista. Editor do Portal de Notícias www.soteropolisnoticias.com.br.

Referencia http://www.restaurarnt.org/asconvencoes.html – Disponível em 02 junho de 2018.

 Postado do Blog JM Noticias

sexta-feira, 29 de junho de 2018

O FIEL DESPENSEIRO…

Ora, e a sociedade pede honestidade dos seus dirigentes públicos, o que seguir a daqueles que tem em suas mãos a confiança do Senhor em cuidar da sua Igreja?

VALDOMIRO PEREIRA - CEADEB 2011
Assim, pois, importa que os homens nos considerem como (...) Despenseiros dos mistérios de Deus, (...) o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado Fiel”. I Co. 4.1,2.

Certo conhecido pregador da televisão, defendendo o seu ministério televisivo, disse por que as pessoas contribuem financeiramente com seu trabalho, falando que, se essas pessoas dão é porque sabem onde o dinheiro que é dado será investido, e que desejam que o ministério de tal pessoa continue.
Outro episódio que podemos lembrar é a conclamação de Moisés feita para o povo de Israel trazer ofertas para a construção do Texto, Ex. 35.4-9. a oferta sobejou de tal maneira a ponto de os administradores da construção pedir a Moisés que não se trouxesse mais ofertas, Ex. 36.5-7; e nos capítulos seguintes é descrito quais objetos foram trazidos como oferta e como foram utilizados na construção.
Sem querer entrar no mérito das situações descritas, quero destacar a atitude em comum aos dois casos: fidelidade quando se trata de cuidar de bens que não são nossos, mas que nos foram confiados por outra pessoa.
Somos chamados de despenseiros e, justamente por causa disso, o que se requer é que cada despenseiro seja encontrado Fiel; Por que é na Fidelidade que gerimos com Equidade e responsabilidade os bens que o Senhor colocou em nossas mãos.
Guarda o bom depósito”, foi o conselho de Paulo a Timóteo. Os ensinos do Evangelho devem ser guardados, por quanto eles são o fundamento para se ser fiel. Ora, e a sociedade pede honestidade dos seus dirigentes públicos, o que dirá daqueles que tem em suas mãos a confiança do Senhor em cuidar da sua Igreja? Pois não basta ser despenseiro, mas Fiel.
Guardo a Tua palavra (...) Para não pecar contra Ti”., Sl. 119.21. diz ainda o salmista: os teus mandamentos me fazem mais sábio (...) , v. 98. Esse é o depósito que nos faz Cheio da graça de Deus que nos habilita a sermos fiéis das dispensas dos seus mistérios.
Reconhece-se como ponto sensível a questão do dinheiro. O ministro não precisa se preocupar em graduações nos estudos especializados de Economia financeira, como o Ministro do primeiro caso acima referido, porém, basta ser encontrado fiel sua dispensa, obedecendo a ordenança do Senhor quanto à escolha de pessoas igualmente fiéis e cheias do Espírito Santo.
Orar ao Dono da obra suplicando a indicação correta das pessoas que irão operar no Ministério do pastor ainda é uma prática indispensável, como nosso senhor Jesus fez, LC. 6.12-16. Moisés assim o fez.
É muito importante que o caráter do Senhor da igreja seja impingido em todos nós como marca que jamais irá desaparecer, na viva a expectativa de que se formos fiéis no pouco (daquilo que é transitório), sobre o muito (daquilo que entrará pela eternidade), haveremos de reinar.


Pastor Valdomiro Pereira da Silva
PRESIDENTE CEADEB







Resultado de imagem para CEADEB LOGO
INFORMATIVO CEADEB:
Converção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia
Ano V - 20° Edição - Agosto/Setembro de 2011.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

REFINARIA DE PASADENA O MAIOR ROUBO DO BRASIL PRATICADO POR LULA, DILMA E SEU PT...

Descubra uma das razões pela qual os Combustíveis são tão caros!


DÊ PAUSE NA WEB RÁDIO ACIMA E ASSISTA



Postado do Canal do You Tube:

terça-feira, 26 de junho de 2018

5ª MARCHA PARA JESUS - NÃO FIQUE FORA DESSA

A Unidade Fortalece o Reino!



5ª Marcha para Jesus
5ª Marcha para Jesus
Acontece em Jequié no próximo dia 2 de Julho (Segunda-feira), a quinta edição da Marcha para Jesus, onde estará reunindo todo povo de Deus. O evento contará com a presença do casal Gustavo Bessa e Ana Paula Valadão e o grupo musical Diante do Trono, que este ano está celebrando 20 anos de existência e pela primeira vez se apresentará em Jequié. 
Camisa
Camisa
A marcha sairá da Praça do Viveiro às 16h com um trio elétrico animando o percurso ao som da banda Promessas, seguindo em direção à Praça da Bandeira, onde estará  montada uma estrutura para a realização do show de abertura com a  Banda VEM LOUVAR e em seguida o pastor Gustavo Bessa ministrará a palavra, o encontro será finalizado  com  a apresentação do grupo DIANTE DO TRONO. 
A expectativa dos dirigentes da Ordem dos Pastores de Jequié-OPEJ é de que o encontro reúna entre 30 a 40 mil pessoas, com as participações de caravanas de várias cidades. As camisetas promocionais está sendo vendidas ao preço de R$ 15,00 na TOP BIJU. Aos participantes  estará sendo pedida a doação de 1kg de alimento não perecível que será posteriormente distribuído em asilos, creches e centros de recuperação. O evento representa a união e comunhão de todos aqueles que acreditam em Jesus Cristo como filho de Deus. Agregando pessoas das mais diversas denominações evangélica e aberto à participação de toda a população.

grupo musical Diante do Trono
Grupo musical Diante do Trono

Postado do Blog Jequié Shop:

segunda-feira, 25 de junho de 2018

DEPOIS DE ALGUM TEMPO VOCÊ APRENDE...

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.      

PARA ASSISTIR DÊ PAUSE NA WEB RÁDIO ACIMA


O menestrel William Shakespeare
Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.  

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.     

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.      

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.      

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.  

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Postado do Canal do You Tube:


Texto O Pensador:

sábado, 23 de junho de 2018

NAS ELEIÇÕES DE 2018 UTILIZE O SEU CELULAR COMO ARMA CONTRA A FRAUDE NAS URNAS ELEITORAIS DO BRASIL...

Fiscalize a eleição

O que acontece com seu voto depois da urna?
DÊ PAUSE NA WEB RÁDIO ACIMA PARA ASSISTIR

Há 17 anos, dependemos da votação eletrônica.
Desde 2012, ela foi comprovada insegura em múltiplas ocasiões.

Em 2014, com seu apoio, fiscalizamos uma pequena fração das urnas. Este anopodemos fazer muito mais!.

Você Fiscal é um projeto fundado por Diego Aranha, professor da UNICAMP, e Helder Ribeiro, empreendedor digital. Atualmente, participam do projeto Ivan Petrin e Luiz Nachtigall, bolsistas da UNICAMP. O Você Fiscal tem como objetivo colocar na sua mão e na de todo cidadão e cidadã o poder de fiscalizar e dar transparência às eleições. Juntos, vamos fazer uma auditoria independente da transmissão dos resultados eleitorais.

Resultado de imagem para VOCÊ FISCALIZA
Postado do Portal VOCÊ FISCAL::

NÃO QUEREMOS COMER VENENO!

Somos contra a aprovação das leis do "pacote veneno"!

Abaixo-assinado por Leticia Antonioli
Brasilia, Brasil
 34.309 
Apoiadores
Clique para assinar
VAMOS TOMAR VENENO?
Quando você se sentar à mesa para as refeições, lembre-se de que o presidente Michel Temer e a bancada ruralista estão em vias de aprovar no Congresso o “pacote veneno”.

Trata-se de um conjunto de 17 projetos de lei, todos apensados ao PL 6.299/2002, do senador e Ministro da Agricultura Blairo Maggi, que libera o uso de uma quantidade enorme de agrotóxicos para uso na agricultura, entre eles o glifosato. A liberação dos agrotóxicos pode ser uma forma de comprar os votos da bancada ruralista para a permanência de Temer no poder.

O ministro Blairo Maggi teria chamado o sindicato das indústrias de agroquímicos para auxiliar na elaboração de uma Medida Provisória que contemple todos os assuntos do “pacote veneno”, para liberação dos agrotóxicos.

O governo quer também mexer nos rótulos de embalagens para retirar a obrigatoriedade de publicar informações ao consumidor de certas substâncias nos alimentos. Quer substituir a palavra “agrotóxico” por “fitossanitários”, além de criar a Comissão Técnica Nacional de Fitossanitários (CTNFito), no âmbito do Ministério da Agricultura e excluir o IBAMA e a ANVISA do processo de aprovação de novos agroquímicos.

O Brasil, como um dos maiores produtores de alimentos do mundo, corre risco de tornar-se o maior destino de agrotóxicos banidos em países europeus como a França.

O glifosato, cujo uso na agricultura é motivo de conflito internacional entre organismos internacionais de proteção à saúde e produtores, é um agrotóxico que, segundo pesquisas acadêmicas recentes, pode provocar Parkinson, Alzheimer, anencefalia, câncer e doenças degenerativas do sistema nervoso.
Clique para assinar


Postado material enviado por e-mail.

Leticia change@mail.change.org Cancelar inscrição

para mim

sexta-feira, 22 de junho de 2018

PRISÃO DE INGLÊS PODE MUDAR A VIDA DE DOIS VELEJADORES BAIANOS CONDENADOS POR TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS


Baianos foram condenados em Cabo Verde, acusados de transportar uma tonelada de cocaína em um veleiro que saiu do Brasil



A prisão de George Saul, cidadão britânico, pode começar a esclarecer o que, de fato, aconteceu com o veleiro em que estavam Rodrigo Dantas, 25 anos, baiano, estudante de engenharia mecânica; Daniel Dantas, 43 anos, baiano, corretor de imóveis; Daniel Guerra, 36 anos, gaúcho, formado em relações interacionais, que acabaram condenados a dez anos de prisão pela justiça de Cabo Verde, por suposto tráfico internacional de drogas.
A prisão do inglês foi informada pela assessoria de imprensa da Polícia Federal da Bahia na noite desta sexta-feira(15) e ocorreu na Espanha. De acordo com a PF, a polícia espanhola atendeu a um pedido formado através da justiça brasileira, pois o cidadão inglês é indiciado por tráfico internacional de drogas.
A investigação foi iniciada em 2017, com objetivo de apurar as circunstâncias em que um veleiro de bandeira inglesa, que foi apreendido em Cabo Verde em agosto daquele ano, teria embarcado mais de uma tonelada de cocaína em solo brasileiro. A apreensão da droga provocou a prisão de velejadores brasileiros que faziam parte da tripulação do Rich Harvest, nome do barco que continha a droga.
Com base na apuração da Polícia Federal foram expedidos mandados de prisão preventiva pela Justiça Federal, com a respectiva difusão vermelha pela Interpol, o que permitiu a realização da prisão do inglês. Segundo a PF, já foi declarado o interesse na extradição do preso e que, com essa medida, pode ser possível esclarecer pontos da investigação e trazer à responsabilidade perante a justiça brasileira o referido estrangeiro.
O caso
Os três velejadores – Rodrigo Dantas, Daniel Dantas e Daniel Guerra foram condenados a 10 anos de prisão por tráfico internacional de drogas, pela justiça de Cabo Verde, na África. Eles estão presos desde agosto de 2017, após a polícia apreender uma tonelada de cocaína em uma embarcação onde eles seguiam de Natal para a Ilha da Madeira, em Portugal. Um francês, que era capitão do barco, também foi condenado.
Os quatro alegam que foram enganados pelo dono da embarcação e que não sabiam do carregamento. Mas a dificuldade em conseguir provas estava na fuga do inglês, dono das drogas, agora preso.
Em março, um tribunal de Cabo Verde fez a condenação do grupo, que seguiu alegando inocência e afirmando que a embarcação passou por todos os procedimentos de fiscalização feitos pela Polícia Federal, confirmando que não havia nenhuma carga de cocaína quando deixou o Brasil. Mas o juiz Antero Tavares entendeu que ficou comprovado que os quatro cometeram o crime de tráfico internacional de drogas.
A defesa alega que os velejadores não sabiam que a carga estava escondida em um compartimento sob o casco do barco. Após a apreensão, a Polícia Federal da Bahia apurou que eles teriam embarcado depois da droga ter sido escondida e que eles não teriam envolvimento no crime. No entanto, o Ministério Público em Cabo Verde entendeu que as investigações da polícia brasileira não comprovaram que os presos não sabiam da carga. Um dos argumentos da promotoria é que ninguém confiaria uma tonelada de cocaína para uma tripulação que não soubesse da existência do carregamento.
Durante o julgamento o juiz, os advogados e o Ministério Público chegaram a fazer uma visita ao veleiro onde foi feita a apreensão da droga. Eles foram acompanhados por dois peritos para identificar se a droga realmente estava em um local de difícil acesso. O carregamento estava escondido atrás de tanques de fibra, sob o casco do navio.
 Postado do Blog Agora na Bahia:

http://agoranabahia.com.br/prisao-de-ingles-pode-mudar-a-vida-de-dois-velejadores-baianos-condenados-por-trafico-internacional-de-drogas/

quinta-feira, 21 de junho de 2018

EM CLIMA DE HARMONIA, ADESAL E CEADEB SE RECONCILIAM E CONVENÇÃO VAI INDICAR NOVO PRESIDENTE


Segundo apurado pelo JM Notícia um acordo judicial deve jubilar o pastor Israel Alves Ferreira, recentemente afastado do cargo pelo Judiciário, em razão de já não preencher os requisitos estatutários para presidir a ADESAL.


Da Redação – Ricardo Costa

Líderes da CEADB e ADESAL reunidos nesta terça-feira (20), em Salvador – Foto: Reprodução
A partir desta terça-feira (20), a Assembleia  de Deus de Salvador (ADESAL), na Bahia, vive um novo tempo de paz, harmonia e comunhão entre os líderes evangélicos,  e membros da instituição que superam os 80 mil na Capital e cerca de 500 templos espalhados na cidade.
Reuniram-se nesta terça-feira (20) no Centro de Cultura Evangélica da Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia (CEADEB), a liderança da ADESAL, representada pelo pastor Juarez Machado, presidente interino da igreja Assembléia de Deus em Salvador e o pastor Valdomiro Pereira, presidente da CEADEB. A pauta principal da reunião foi o restabelecimento da unidade entre os pastores e membros das duas instituições, ou seja, ADESAL e CEADEB.
Segundo informações obtidas pelo JM Notícia com exclusividade, a reunião transcorreu em um clima de muita harmonia, entendimento e paz entre as lideranças, e foi unânime de que os envolvidos deveriam retornar a comunhão como era em 2010, ou seja, a ADESAL voltará a ser filiada à CEADEB, indicará o novo presidente que passará pelo crivo dos convencionais e os ministros que estão filiados na Convenção CONFRAMADEB deverão se filiar nos próximos dias à CEADEB.
Participaram também da reunião na CEADEB, o pastor Ricardo Pereira Góis, Primeiro secretário da ADESAL, e assessor jurídico da ADESAL,  o primeiro tesoureiro da ADESAL, o Pastor Roberto Menezes, o segundo secretário da ADESAL, Domingos Cândido, segundo tesoureiro Francisco Feitosa.
CONFRATERNIZAÇÃO
Durante a reunião entre as duas lideranças, estava sendo realizada, outra reunião, no mesmo prédio, na qual estavam presentes um grande número de pastores setoriais da ADESAL  se confraternizando com líderes da CEADEB, visando a integração dos setores da ADESAL.
JUBILAÇÃO
Segundo apurado pelo JM Notícia um acordo judicial deve jubilar o pastor Israel Alves Ferreira, recentemente afastado do cargo pelo Judiciário, em razão de já não preencher os requisitos estatutários para presidir a ADESAL.


CGADB 
Esse entendimento entre a ADESAL e CEADEB foi possível após a orientação dada pelo pastor José Wellington da Costa Júnior, presidente da CGADB e o pastor José Wellington Bezerra da Costa ao pastor Israel Alves Ferreira, para que ele buscasse traçar caminhos de paz e unidade entre as duas instituições.  Na ocasião,  o pastor Ricardo Pereira Góis, Primeiro secretário da ADESAL, e assessor jurídico da ADESAL também participou da reunião na sede da CGADB. A reunião foi nesta segunda-feira (19).


Postado do Blog JM Notícias:
JM Notícia

http://www.jmnoticia.com.br/2018/06/21/em-clima-de-harmonia-adesal-e-ceadeb-se-reconciliam-e-convencao-vai-indicar-novo-presidente/