WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 29 de abril de 2017

FILHO DE JOSÉ WELLINGTON CHAMA PASTORES DE “CANALHAS” E JUÍZES DE “CORRUPTOS”

Deputado federal Paulo Freire fez ofensas durante Assembleia Geral Ordinária da CGADB

por Jarbas Aragão
Filho de JW chama pastores de "canalhas" e juízes de "corruptos"
Durante a 43ª AGO, Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), a questão envolvendo o imbróglio judicial que cancelou o resultado das eleições para presidente veio à tona de maneira inesperada.
No último dia 9, foi anunciada a vitória do pastor José Wellington Júnior, filho do atual presidente José Wellington Bezerra da Costa. Contudo, a mesa diretora da convenção havia desobedecido decisões judiciárias que nomeavam um interventor para comandar o processo eleitoral.
Enquanto uma nova eleição não é marcada, os ânimos continuam acirrados entre as lideranças da Assembleia de Deus.
O deputado federal Paulo Freire (PR/SP), que também é pastor da AD e filho do presidente José Wellington, usou a palavra para atacar quem contaria os interesses de sua família.
Misturando o papel de parlamentar com o de líder religioso, decidiu rotular os juízes de “corruptos”, dizendo que eles “vendem liminares”.
Dentro do contexto, fica claro que ele se referia ao fato de juízes terem concedido liminares contra a atual mesa diretora da CGADB, que impediram que seu irmão José Wellington Júnior tomasse posse como novo presidente.
Afirmando representar um grupo de pastores que está “enojado” com o processo. Além de elogiar o pai – que para ele é uma pessoa “ilibada” – em seu discurso enalteceu seu trabalho como presidente.
Também atacou os pastores adversários, vociferando: “Essas pessoas não têm sentimento, por que crente eles não são… Não têm temor de Deus, expondo a nossa igreja à imprensa”.  Sem citar nomes nem apresentar provas, classificou os pastores que se opõem a seu pai de “canalhas”.
Sua fala gerou grande repercussão, em especial por mostrar que o deputado tenta usar sua condição de político para constranger os demais pastores.

Nota de repúdio

O doutor Iaci Pelaes, promotor de Justiça do Ministério Público Estadual do Amapá, emitiu uma nota, repudiando as acusações de Paulo Freire.
“O orador que aparece no vídeo usa de um dos mais banais recursos de retórica banal, que é o desqualificar o oponente, sem qualquer demonstração do se afirma.
Ao que colheu, o orador, deputado federal e filho do atual presidente da CGADB, não demonstra, à luz de provas, como chegou a essa conclusão de que determinados pastores seriam “canalhas”.
Segundo a etimologia esse termo significa pessoa  vil, reles, do mais baixo nível, abjeta, desprezível, indigna, patife, sem-vergonha, tratante, sórdida, chulo, dentre outros qualificativos negativos.
Ora, essa espécie de expediente é absolutamente inaceitável num auditório qualificado de uma Convenção de pastores.
No tribunal do júri de Macapá, onde atuo semanalmente essa espécie de recurso de retórica já foi abolida faz tempo.
Aliás o próprio CPP não mais admite.
E não me venha com alegação de que parlamentar tem imunidade na palavra.
A uma que o deputado não está na tribuna da Câmara. A duas que o próprio STF já direciona no sentido de que não há direito absoluto.
Assim, a ninguém é dado abusar do exercício de um direito para, dessa forma, ofender a outrem.
Dr Iaci Pelaes – Promotor de Justiça do MPE/AP


Nota de apoio

Uma nota, em nome do “Núcleo de apoio à chapa CGADB mais perto de você”, tem circulado dando apoio ao pastor Paulo Freire.
“A QUEM INTERESSAR POSSA
Caros companheiros,
Em primeiro lugar é bom frisar que esta equipe não apoia nem endossa a injúria. Por isto temos sempre primado em nossas notas pelo comedimento e educação.
Mas algumas ponderações devem ser feitas acerca do episódio envolvendo o discurso do Deputado Paulo Freire na sessão de ontem na AGO.
Em primeiro lugar é preciso destacar que quem estava falando não era o Deputado Paulo Freire, mas o filho, Paulo Freire.
Filho este que tem assistido, até então em silêncio, o nome, a história e a dignidade de seu velho pai serem enxovalhados e pisoteados por uma minoria (parece que são 30% ou menos) que em termos ministeriais, e comparados ao veterano pastor Wellington, sequer saíram das fraldas.
Este homem viu seu pai por 30 longos anos labutando com sacrifício pessoal gigantesco, dele e da família, para construir uma história sólida e honrada na CGADB, além das décadas de trabalho em outras frentes na obra do Senhor. Para agora lidar com meninos que não tem o bom senso sequer de respeitá-lo como homem, pela história construída. Que confundem oposição de ideias com guerra pessoal.
Bandido, corrupto, ladrão, são os termos empregados por esta gente. Sinceramente, canalha parece pouco como resposta.
Você tem pai? Imagino que tenha, vivo ou in memoriam. Como você ouviria o uso destes termos, anos a fio, para se referirem ao seu velho herói?
Reflita um pouco e responda para si!
O que ele fez, qualquer um com “sangue nas veias” poderia ter feito. E agora fariseus hipócritas postam de bons moços, cheios de domínio próprio, para condená-lo? Imagino estarem sem pecado, por tomarem tão avidamente as pedras!
Atenção senhores: aquele que pensa estar de pé, cuidado para que não caia!
De resto, não nos sentimos ofendidos pela expressão usada, e por isto nada temos de que nos defender.
Não somos canalhas porque não expusemos nacionalmente o nome de nossa Convenção e nossos pastores;
Não somos canalhas porque não transformamos em pecha o título de “pastor”;
Não somos canalhas porque nunca comparecemos à AGO/E com o único intuito de causar confusão e arruaça;
Não somos canalhas porque não temos a ousadia e desfaçatez de olhar nos olhos do meu pastor e chamá-lo de bandido.
Interessante é que tem muita gente aí se defendendo e dizendo que não é canalha. Ora, se não se enquadra no conceito de canalha está se defendendo porque? Considere ainda que o termo usado se aplica aos que agiram com injúrias, xingamentos e com falta de decoro e ética. Se você não faz parte deste rol, não há razão para indignação.
NÚCLEO DE APOIO À CHAPA CGADB MAIS PERTO DE VOCÊ”

MATÉRIA RELACIONADA


QUAL O EXEMPLO DADO PELA CGADB NO BRASIL OU FORA DELE?! SAL? LUZ?


CGADB é obrigada pela justiça a fazer novas eleições

As 10.479 inscrições irregulares e ou fraudulentas que estavam canceladas pela justiça, também foram incluídas integralmente no sistema...

http://www.sandovaloprotestante.com.br/2017/04/com-suspeitas-de-irregularidades.html

Postado do Portal Gospel Prime:

Gospel Prime

BRASIL ESTÁ CONTRA ISRAEL NA ONU E ISSO TRAZ MALDIÇÃO AO PAÍS, ALERTA PASTORA

Presidente da Comunidade Internacional Brasil e Israel pede mobilização de cristãos

por Jarbas Aragão

Brasil está contra Israel na ONU e isso traz maldição
Desde que o presidente Michel Temer assumiu o cargo, em abril de 2016, várias medidas foram tomadas pelo seu governo que se distanciavam da política praticada durante os 13 anos que tivemos o Partido dos Trabalhadores no comendo do país.
Contudo, a postura contra Israel da chancelaria continua a pleno vapor, ainda que isso não seja tratado abertamente. Nas últimas votações nas Nações Unidas, a opção foi ficar ao lado dos países muçulmanos que usaram a UNESCO para passar uma resolução negando a ligação histórica do Monte do Templo com Israel. A moção foi apresentada por países árabes que apoiam a causa palestina, incluindo Egito, Marrocos, Argélia, Líbano, Omã, Catar e Sudão.
A resolução votada em outubro de 2016, associa somente nomes muçulmanos aos locais sagrados da Cidade Antiga. Vinte e quatro países-membros assinaram o documento, incluindo o Brasil. A decisão do Brasil foi votar favoravelmente à resolução, mesmo considerando o texto “inadequado”.
Recentemente, o novo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, recebeu lideranças evangélicas, os quais solicitaram a que o Brasil busque “mais equilíbrio e imparcialidade” nas votações.
A nova reunião da UNESCO está marcada para o dia 2 de maio, em Genebra. Segundo o governo de Israel, em documento divulgado nesta sexta-feira (28), “O comitê executivo da UNESCO deve votar outra decisão política, declarando como ilegal tudo o que Israel realiza em Jerusalém, com referência a todas as decisões passadas, como aquelas que negam a conexão entre o povo judeu e Jerusalém”.
O estado judeu está comemorando dia 24 de maio a reunificação de Jerusalém, cuja porção Oriental era dominada pela Jordânia. Após a Guerra de 1967, toda a cidade voltou para o controle de Israel, com exceção do Monte do Templo.

Negação das Escrituras

A pastora Jane Silva, presidente da Comunidade Internacional Brasil e Israel pede mobilização de cristãos brasileiros em oração. Ela afirma que o Brasil novamente votará contra Israel, algo que traz maldição sobre o país. Citando Gênesis 12:3, ela lembra que a promessa de Deus continua válida. O texto diz: “Abençoarei os que te abençoarem, amaldiçoarei aquele que te amaldiçoar”.
“O que mais me preocupa como conhecedora e praticante da Palavra de Deus, é o Brasil estar indo na contramão das Santas Escrituras”, sublinha. Em carta aberta, divulgada por ela esta semana, a pastora diz que se o Brasil se alia aos muçulmanos para negar a existência do templo, está negando todo o Evangelho. “Se não havia um Templo judaico no local, como Jesus o visitou e até pregou nele?”, questiona.
Para a pastora, “surpreendentemente, o Brasil, um dos maiores países cristãos do mundo, desde 2012 tem votado consistentemente a favor desta resolução absurda”.

Bancada Evangélica se posiciona

Em nota oficial, a Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional já se manifestou no sentido de “apoiar o povo e o governo do Estado de Israel”. O documento, assinado pelo atual presidente Hidekazu Takayama (PSC/PR), afirma: “Sabemos do legado do Estado israelita para o mundo, e entendemos a relevante contribuição para a humanidade.  Por estas razões, não podemos concordar com medidas da Unesco ou de qualquer outro agente nacional ou internacional que prejudiquem o Estado de Israel e seu povo”.
Contudo, como bloco, a bancada não tem tomado iniciativas na Câmara que confrontem a postura da chancelaria brasileira sobre esse tema.

MATÉRIA RELACIONADA:
O GUERRILHEIRO COMUNISTA QUE ESCANCARA AS FRONTEIRA DO BRASIL E MATAR A TODOS NÓS...
Abrindo as Fronteiras para o Narcotráfico e o Terrorismo.

PSC VAI À CASA CIVIL PEDIR VETO AO PROJETO QUE CRIA NOVA LEI DE MIGRAÇÃO http://www.sandovaloprotestante.com.br/2017/04/psc-vai-casa-civil-pedir-veto-ao.html

DILMA E A NEGOCIAÇÃO COM TERRORISTAS 

LULA DOA TERRENO PARA TERRORISTAS DO GRUPO ISLÃ
Em Brasilia.

COMO LULA E O PT TEM INSTALADO A DITADURA BOLIVARIANA NO BRASIL COM A MANIPULAÇÃO DA IGNORÂNCIA DO POVO...(VEJA AO VÍDEO) http://www.sandovaloprotestante.com.br/2015/02/como-lula-e-o-pt-tem-instalado-ditadura.html 

Transcrição da carta de Fidel para Chávez (Corrupção, Golpe Simulado, Controle dos Militares, Opressão e Tortura aos Opositores)


Postado do Portal Gospel Prime:

quinta-feira, 27 de abril de 2017

PSC VAI À CASA CIVIL PEDIR VETO AO PROJETO QUE CRIA NOVA LEI DE MIGRAÇÃO

Nós não conseguimos dar o mínimo necessário para o brasileiro e, para fazer bonito pra ONU, resolver abrir nossas fronteiras. Quem vai pagar essa conta?

Parlamentares do PSC tiveram audiência com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, para entregar um documento, assinado por toda bancada do partido, pedindo ao Presidente da República, Michel Temer, que vete integralmente o Projeto de Lei do Senado 288/13, que cria a nova Lei de Migração, aprovado no Senado, em 18 de abril, e encaminhado para sanção presidencial.
Foto: Fernando Chaves
Foto: Fernando Chaves
O líder do PSC na Câmara, deputado Victório Galli, no entanto, explicou que estrangeiros são bem-vindos no país, mas é preciso rever pontos fundamentais para a segurança nacional. “Esta lei expõe as fronteiras brasileiras ao risco de qualquer pessoa adentrar nosso território para qualquer fim, e fazer o que bem entender, sem sofrer o devido controle”, condena Galli, ao tratar dos migrantes indocumentados, por exemplo.
Para os deputados Marco Feliciano e Eduardo Bolsonaro, presentes na audiência, o projeto vem revestido de questão humanitária, mas está ligado a interesses da esquerda. Segundo Bolsonaro, o Brasil está na contramão das medidas que os Estados Unidos e países da Europa têm tomado, que é proteger suas fronteiras e restringir a entrada de imigrantes.
Marco Feliciano argumenta que a aprovação do projeto se deu em momento inoportuno, diante do cenário econômico do país, que abriga mais de 13 milhões de desempregados, com crises nos setores básicos, como saúde, educação e segurança pública. “Nós não conseguimos dar o mínimo necessário para o brasileiro e, para fazer bonito pra ONU, resolver abrir nossas fronteiras. Quem vai pagar essa conta? Nós não somos xenófobos, o problema é que o país está um caos”, esclareceu.  
A nova Lei garante ao imigrante as mesmas condições de igualdade com os nacionais, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à segurança e à propriedade e o acesso aos serviços públicos de saúde e educação, bem como registro da documentação que permite ingresso no mercado de trabalho e direito à previdência social.

Postado do Portal PSC Nacional:
PSC é um partido fundamentalista que utiliza a religião para atacar ...



http://www.psc.org.br/psc-vai-casa-civil-pedir-veto-ao-projeto-que-cria-nova-lei-de-migracao/

ADOLESCENTES JEQUIEEENSES COM CORTES PELO CORPO SÃO SOCORRIDOS AO HGPV E PODEM SER VÍTIMAS DA ¨BALEIA AZUL¨





FALTA DE AMOR PRÓPRIO!
Duas adolescentes de 12 e 14 anos, foram atendidas no último final de semana, com vários cortes em partes do corpo com a suspeitas desses ferimentos  terem  sido praticados  no cumprimento de tarefas do jogo Baleia Azul. Segundo informações chegadas ao Blog Jequié Repórter, os dois casos não demonstram nenhum tipo de correlação. Uma da pacientes deu entrada na emergência do Hospital Geral Prado Valadares-HGPV na noite de sábado (22) e a outra na manhã de domingo (23). Os dois casos foram levados ao conhecimento do Conselho Tutelar Municipal.  Profissional de saúde que presenciou os atendimentos comentando o assunto com a nossa reportagem disse ter ficado chocado com o que viu fazendo um alerta aos pais e responsáveis por crianças e adolescentes para que os acompanhem e orientem no uso de celulares para coibirem que seus dependentes sejam induzidas a se envolverem nesse e outros tipos de problemas.

Postado do Blog Jequié Urgêncte:
Jequié Urgente


http://jequieurgente.com/adolescentes-jequieeenses-com-cortes-pelo-corpo-sao-socorridos-ao-hgpv-e-podem-ser-vitimas-da-%C2%A8baleia-azul%C2%A8/ 

terça-feira, 25 de abril de 2017

PROFESSORA PROÍBE SÍMBOLOS CRISTÃOS EM AULA, MAS DISTRIBUI ADESIVOS LGBT AOS ALUNOS

Pais reclamam que professora homossexual quer impor sua ideologia aos filhos


Proíbe símbolos cristãos em aula, mas distribui adesivos LGBT aos alunos
Uma polêmica tomou conta do sistema educacional da Flórida, EUA, por conta das atitudes da professora Lora Jane Riedas. Ela obrigou os alunos cristãos a esconderem símbolos cristãos como colares com cruzes, mas ao mesmo tempo promove ativismo LGBT em sala de aula.
O Liberty Counsel, organização cristã que defende a liberdade religiosa, enviou uma carta a Jeff Eakins, responsável pelas das escolas públicas no condado de Hillsborough pedindo providências.
A mãe de um dos alunos resolveu denunciar a prática da professora de matemática da Escola de Ensino Médio Riverview. Ela não permite manifestações religiosas em aula, inclusive ameaça punir os alunos que não concordam com a ideologia LGBT.
Segundo relatos dos alunos, Lora já proibiu publicamente três estudantes de usarem cruzes no ambiente escolar, alegando que são “símbolos de violência”. Ela inclusive forçou um deles a tirar a cruz do pescoço antes de entrar na sala, insistindo que era algo “desrespeitoso”, mas sem justificar que essa fosse uma política da escola.
O Liberty Consel denuncia que a professora Riedas, assumidamente lésbica e que vive maritalmente com outra professora da escola, está fazendo “ativismo político” ao decorar a sala de aula onde leciona com símbolos do movimento LGBT e palavras de ordem que estimulam a prática homoafetiva.
No início do semestre ela colou adesivos com arco-íris, conhecido símbolo LGBT nos cadernos dos alunos. Um deles o retirou e relata que a professora passou a trata-lo de maneira agressiva.
Já foi identificado que ela faz parte da Rede de Educação para Gays, Lésbicas e Héteros (GLSEN na sigla original) e por isso promoveu o “Dia do Silêncio” na escola, uma comemoração pró-LGBT, que não faz parte do calendário escolar do estado.
Outra reclamação dos pais, que chegou ao conhecimento do Liberty Counsel, é que a professora toca no assunto da homossexualidade com alunos de 12 anos, impondo sua agenda ideológica que ignora a opinião dos pais e as crenças religiosas dos alunos.
Até o momento, a direção da Escola de Ensino Médio Riverview não se manifestou sobre o assunto. 
Com informações Christian Post
Postado do Blog Gospel Prime:

segunda-feira, 24 de abril de 2017

CAINDO A MÁSCARA...

A MORTE DE JOSIAS POR CAUSA DE UMA MÁSCARA – 2Cr 35.20-27


1. INTRODUÇÃO
a-mascara-e168cPara que entendamos a meditação, é necessário o exame do termo máscara. Segundo o Dicionário Aurélio, significa, dentre outros, “Objeto de cartão, pano ou madeira, que representa uma cara, ou parte dela, e destinado a cobrir o rosto, para disfarçar a pessoa que o põe; Fig.  Aparência enganadora; disfarce”. Embora haja  máscara com finalidade recomendável, no mais das vezes, quem se mascara, procura disfarçar alguma coisa. Entretanto, não há dúvida que o tema proposto à meditação aborda uma questão extremamente sensível para o cristão: viver a vida espiritual mediante disfarce ou a utilização de máscara, ou simplesmente como não ser um cristão mascarado.
Creio com profunda convicção ser do interesse do Espírito Santo meditarmos nele, na esperança que restauremos a sinceridade e a verdade como marca registrada da experiência de cada um dos servos de Deus. As experiências do rei Josias nos conduzirão ao descortino do caminho espiritual.
2. A VIDA DE SUCESSOS DO REI JOSIAS
Conta-nos a Palavra que o seu nascimento foi predito cerca de trezentos anos antes dele acontecer, 1Rs 13.1,2.  Assumiu o trono aos oito anos de idade, sendo filho e neto de dois dos mais ímpios reis de Israel, 2Rs 21. Entretanto, é lindo ler a passagem acerca de sua vida espiritual: “Fez o que era reto aos olhos do Senhor, e andou em todo o caminho de Davi, seu pai, e não se desviou dele nem para a direita nem para a esquerda”, 2Rs 22.2. Ou seja, embora tivesse o mau exemplo de seu pai e do avô, parentes mais próximos que Davi, optou em servir a Deus, como Davi.
No exercício do reinado, empreendeu grandes e profundas reformas espirituais e morais, pois o Livro de Deus que havia sido esquecido em algum lugar “foi achado”, e das ofertas do povo que foram recolhidas para ajudar na reforma da casa de Deus não foi exigida prestação de contas e comprovação alguma “porque procedem com fidelidade”, 2Rs 22.4-7. Verdadeiro choque de moralidade e restauração da confiança do povo em seus dirigentes.
Sua dedicação a Deus foi tal, que conseguiu diferençar-se dos seus antecessores, tendo o Senhor estabelecido com ele a seguinte aliança: “Visto que o teu coração se enterneceu, e te humilhaste perante o Senhor, quando ouviste o que falei contra este lugar, e contra seus moradores, que seriam para assolação e para maldição, e rasgaste as tuas vestes, e choraste perante mim, também eu te ouvi, diz o Senhor. Pelo que eu te recolherei aos teus pais, e tu serás recolhido em paz à tua sepultura. Os teus olhos não verão todo o mal que hei de trazer sobre este lugar”, 2 Rs 22.19,20.
O texto acima destacado mostra claramente que Josias reinava em uma nação que estava sob juízo de Deus pelos muitos pecados cometidos. Embora seu povo estava sendo julgado e condenado por Deus à destruição, Josias escapou do juízo e ainda obteve a promessa “e tu serás recolhido em paz à tua sepultura”, o que, nas circunstâncias, era melhor do que ficar vivo e contemplar “todo o mal que hei de trazer sobre este lugar”. É de se ponderar acerca da santa verdade aqui escrita: nem sempre viver muito na terra é a melhor benção de Deus para nós, pois entre ficar vivo e contemplar a ação da maldade e partir a estar com Deus, esta última é bem melhor.
Finalmente, após empreender as grandes e profundas reformas em Israel, diz o texto sagrado: “Nem antes nem depois dele houve rei que lhe fosse semelhante, que se convertesse ao Senhor de todo o seu coração, de toda a alma e de todas as forças, conforme toda a lei de Moisés”, 2Rs 23.25. Curioso é que o povo de Josias continuava sob maldição divina, pois assim está escrito: “Todavia o Senhor não se demoveu do ardor da sua grande ira, com que ardia contra Judá, por causa de todas as provocações com que Manassés o tinha provocado”, v. 26, sendo o avô de Josias, o grande responsável diante de Deus por “todas as provocações com que Manasses o tinha provocado”.
3. O ERRO DE JOSIAS: USAR MÁSCARA
Sem dúvida alguma, Josias ao completar trinta e nove anos de idade, já estava reinando há trinta e um, e cumulava bênçãos sobre bênçãos da parte de Deus. Certamente que se permanecesse fiel e dedicado a Deus, cada vez mais seria abençoado, notadamente que tinha consigo a promessa divina de “e tu serás recolhido em paz à tua sepultura”. Ou seja, teria uma vida longa e tranquila, tão tranquila, que até teria uma morte natural e sossegada, sem atropelo nem tumulto.
Todavia, o seu coração se exaltou, ao ponto da Bíblia dizer que “Não dando ouvidos às palavras de Neco, que saíram da boca de Deus”, 2Cr 35.22. É a grande tragédia espiritual de alguns: não saber conviver com o sucesso outorgado por Deus, nem com as bênçãos por Ele enviadas. Enquanto não as tem, é um crente fiel e dedicado a Deus; porém, quando Deus abençoa e cumula o crente com suas bênçãos, o coração se exalta e se coloca acima de tudo e de todos, vez que estabelece no coração o maligno desígnio que Deus fala com ele, revela-se a ele, e não precisa ouvir ninguém mais, quando é revelado na Santa Palavra que Deus abate ao exaltado.
A leitura do texto sagrado deixa bem clara a visão precitada, vez que, o rei do Egito não fazia guerra contra Josias, como bem advertiu a este, com as seguintes palavras: “Que tenho eu contigo, rei de Judá? Não é contra ti que venho hoje, mas contra a casa que me faz guerra” 2Cr 35.21. Ora, em Pv 23.2, assim está escrito: “O prudente  percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as conseqüências. A realização e o complemento do projeto de Deus na vida de Josias dependiam de suas atitudes, pois, o que nos cabe fazer, Deus jamais fará por nós. No episódio, a ação divina se deu quando lhe avisou que não guerreasse, cabendo-lhe abster-se. Acredito sinceramente que ele não aceitou a advertência, por esta ter vindo da parte de Deus, através de um rei ímpio: “Disse Deus que me apressasse; portanto, guarda-te de te opores a Deus, que é comigo, ou ele te destruirá”. Ora, como crê nas palavras de um rei idólatra, como Neco era, falando em nome de Deus para um abençoado servo dele, como era Josias? Ao que parece, Josias alimentava o pensamento de que ele estava espiritualmente muito acima do rei egípcio, e que ele é o que deveria ser usado por Deus, que ele era de oração, etc. Todavia, não podemos nem devemos pensar que podemos impor a Deus alguma maneira de falar, revelar e se manifestar. Deus é ilimitadamente Deus.
A solução encontrada por Josias lhe custou a vida: ir à guerra mascarado, como está escrito: “Josias, contudo, não quis voltar atrás, e disfarçou-se para enfrentá-lo em combate. Ele não quis ouvir o que Neco lhe dissera por ordem de Deus, e foi combatê-lo na planície do Megido”, 2Cr 35.22. Quando Josias esteve bem com Deus, nunca precisou usar qualquer disfarce, pois contava com a benção da proteção divina. Por não está tão certo desta proteção, mascarou-se para ir a guerra.
4. EPÍLOGO
Finalizo esta meditação dizendo a mim e a você que é hora de tirarmos as máscaras espirituais. No tempo de Jesus na terra, havia muitos religiosos mascarados, como os fariseus. O Mestre divino usou uma figura de linguagem ímpar, referindo-se aos tais, ao chamá-los de “sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos, e de toda imundícia”, Mt 23.27. Igualmente, a resposta dos demônios aos exorcistas que procuravam expulsá-los de um jovem  “em nome de Jesus a quem Paulo prega”, é bastante esclarecedora quanto ao uso de disfarces espirituais pelo cristão: “Respondeu, porém, o espírito maligno: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo, mas vós quem sois?”, At 19.15.
Por último, trago à memória os testemunhos do apóstolo Paulo acerca de Timóteo. Acerca de sua fé, disse o apóstolo que ele era possuidor de “fé não fingida que há em ti”, 2Tm 1.5; acerca das atitudes como companheiro de ministério, disse que a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuido do vosso bem-estar”,Fp 2.20. Ou seja, o jovem obreiro Timóteo se destacou do grupo de obreiros que cooperava com Paulo, por sua sinceridade, sendo esta a marca registrada do autêntico, do verdadeiro, pois está escrito em Hb 10.22 que devemos nos aproximar de Deus “com um coração sincero”. Paulo falando aos filipenses disse-lhes que o verdadeiro filho de Deus é sincero: “para que sejas sinceros, e inculpáveis até o dia de Cristo”, 1.10, e “para que sejais sinceros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo”, 2.15.
Tiremos, pois, a máscara espiritual. 
Pr Abiezer Apolinário

Postado do Blog do Pastor Dário Gomes:
Pr. Dário Gomes


Pastor/Psicanalista. Pastor Aux. ADESAL - Marcehal Rondon,
Setor 21 Salvador - Bahia

domingo, 23 de abril de 2017

AS 45 METAS COMUNISTAS – IMPLANTAÇÃO DO PT NO BRASIL...

Recomendado à Pais, Professores, Líderes Evangélicos, Formadores de Opinião! Tire suas próprias conclusões.

DÊ PAUSE NA WEB RÁCIO ACIMA E ASSISTA AO VÍDEO

No livro “O Comunista Nu” de Cleon Skousen (ex-agente do FBI) são apresentadas 45 metas comunistas (muitas delas já consumadas ou em processo muito avançado) para derrubar os EUA e tomar o ocidente, a partir de 1958.
1) Aceitação, por parte dos EUA, da coexistência como única alternativa à guerra atômica.
2) Boa vontade dos Estados Unidos em desistir como melhor opção para evitar uma guerra atômica.
3) Desenvolver a ilusão de que o desarmamento total dos Estados Unidos seria uma demonstração de superioridade moral.
4) Permitir comércio livre entre todas as nações independente da filiação comunista e independente de serem ou não itens que poderiam ser usados para guerra.
5) Extensão de empréstimos de longo prazo para a Rússia e satélites soviéticos.
6) Fornecer ajuda americana para todas as nações independente da dominação comunista.
7) Conceder reconhecimento da China Vermelha. Admissão da China para a ONU.
8) Configurar Alemanha Ocidental e Oriental como estados independentes apesar da promessa de Khrushchev's em 1955 de resolver a questão alemã por eleições livres sob supervisão da O.N.U.
9) Prolongar as conferências sobre proibição de testes atômicos, pois os Estados Unidos concordaram em suspender os testes, enquanto as negociações estivessem em andamento.
10) Permitir a todos os satélites soviéticos representação independente/individual na O.N.U.
11) Promover a ONU como a única esperança para a humanidade. Se sua carta [das Nações Unidas] é reescrita, exigir que seja estabelecido um governo mundial com direito à forças armadas próprias e independentes.
12) Resistir a qualquer tentativa de proibir/ilegalizar o Partido Comunista.
13) Acabar com todos os juramentos de fidelidade.
14) Continuar dando acesso a Rússia ao Escritório de Patentes dos E.U.A.
15) Capturar um ou ambos os partidos políticos dos Estados Unidos.
16) Usar decisões de caráter técnico dos tribunais para enfraquecer instituições americanas de base/fundamentais, alegando que suas atividades violam os direitos civis.
17) Tomar o controle das escolas. Usá-las como centros de transmissão para as propagandas socialista, e comunista atual. Tomar o controle de associações de professores. Inserir linha ideológica nos livros didáticos.
18) Adquirir o controle de todos os jornais estudantis;
19) Utilizar-se de revoltas estudantis para incitar manifestações públicas contra programas e organizações que estão sob ataque comunista.
20) Infiltrar-se na imprensa. Tomar o controle da cessão de crítica literária, redação do editorial, posicionamento político.
21) Adquirir o controle de postos-chave na rádio, TV, e cinema.
22) Continuar desacreditando a cultura americana através da degradação de formas de expressão artísticas. Skousen alegou que uma célula comunista americana lhe contou: "eliminar todas as boas esculturas dos parques e prédios, substituir por estruturas: disformes, estranhas e sem sentido.
23) Controlar os críticos de arte e diretores de museus de arte.
24) Eliminar todas as leis que regulam a obscenidade, chamando-as de "censura" e violão da liberdade de expressão e liberdade de imprensa.
25) Derrubar os padrões de cultura e moralidade, promovendo pornografia e obscenidade em livros, revistas, filmes, radio e televisão.
26) Apresentar homossexualidade, degeneração e promiscuidade como "normais, naturais, saudáveis." Skousen alegou que os comunistas procuraram incentivar a prática da masturbação.
27) Infiltrar-se nas igrejas e substituir a religião de revelação por uma religião "social". Desacreditando a Bíblia e enfatizando a necessidade de maturidade intelectual que não necessita de uma "muleta religiosa".
28) Eliminar orações ou qualquer forma de expressão religiosa nas escolas sobre o fundamento de que viola o princípio de "separação entre igreja e estado."
29) Desacreditar a Constituição Americana, rotulando-a de inadequada, antiquada/fora de moda, fora de sintonia com as necessidades modernas, obstáculo para a cooperação entre as nações a nível mundial.
30) Desacreditar os Pais Fundadores da América. Apresenta-los como aristocratas egoístas que não tinha preocupação com o "homem comum".
31) Depreciar todas as formas de cultura americana e desencorajar o ensino de história americana sobre o fundamento de que era apenas uma pequena parte da "imagem global". Dar mais ênfase à história russa desde que os comunistas assumiram.
32) Apoiar qualquer movimento socialista para dar controle central sobre qualquer aspecto da cultura - educação, entidades sociais, programas de bem-estar, clínicas de saúde mental, etc.
33) Eliminar todas as leis ou procedimentos que interferem no funcionamento do aparelho Comunista.
34) Eliminar a Comitê de Atividades Anti-Americanas.
35) Desacreditar e finalmente desmantelar o FBI.
36) Infiltrar-se e adquirir o controle de mais sindicatos.
37) Infiltrar-se e adquirir o controle de grande negócios.
38) Transferir alguns poderes de prisão da polícia para entidades sociais. Tratar todos os problemas comportamentais como desordens psiquiátricas que ninguém senão psiquiatras podem compreender ou tratar.
39) Dominar o carreira psiquiátrica e usar as leis de saúde mental como um meio de obter controle coercitivo sobre aqueles que se opõem aos objetivos comunistas.
40) Desacreditar a família enquanto instituição. Encorajar a promiscuidade, masturbação e divórcio fácil.
41) Enfatizar a necessidade de criar os filhos longe da negativa influência dos pais. Atribuir: preconceitos, bloqueios mentais e retardo de crianças à influência supressiva dos pais.
42) Criar a impressão de que a violência e a insurreição são aspectos legítimos da tradição americana; que estudantes e grupos de interesses deveriam se levantar e "unir as forças" para resolver problemas econômicos, políticos, e sociais.
43) Derrubar todos os governos coloniais antes que as populações nativas estejam prontas para se auto-governar.
44) Internacionalizar o Canal do Panamá.
45) Revogar a "reserva" Connally para que os Estados Unidos não possam impedir que o Tribunal Internacional de Justiça interfira na jurisdição do país, em seus problemas domésticos. Dar ao Tribunal Internacional de Justiça jurisdição sobre as nações e indivíduos.


The Naked Communist - Cleon Skousen

Postado da Rede Social Mídia Inversa:



Postado da Rede Social Mídia Inversa