WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 7 de janeiro de 2017

SEM BÍBLIA, ESPAÇO É MARCADO POR SÍMBOLOS MAÇÔNICOS...

Praça Luiz Viana: mais uma vez a Bíblia é descartada

Nova praça Luiz Viana (foto: Blog Jequié Repórter)

A três dias do fim do mandato, a ex-prefeita Tânia Britto reinaugurou a praça Luiz Viana, que estivera fechada por quatro anos para "obras de requalificação". Com as antigas árvores quase totalmente substituídas por quiosques de alimentação e por duas pirâmides para venda de artesanatos, a nova Luiz Viana é hoje uma praça totalmente comercial, com pouquíssimo espaço, inclusive, para circulação de pessoas. Está mais bonita? Depende do ponto de vista. Eu prefiro limitar-me a dizer que está diferente.


Uma mudança, porém, não podia ter acontecido nessa reforma: a retirada de uma Bíblia que desde a década de 1980 compunha o cenário da praça onde nasceu o centro de Jequié, no início do século XX. A réplica do livro sagrado estava erguida sobre um globo terrestre, que também não existe mais (imagem 1). Ela foi idealizada e doada ao poder público pelo pastor Josival Menezes, da Igreja Sinai.

O monumento deveria ter sido restaurado ou, na pior das hipóteses, preservado como estava. Nunca, jamais, removido, como se não dissesse nada a ninguém. A Bíblia representa 90% do povo de Jequié, declaradamente cristão. Por isso, retirar a Bíblia da praça Luiz Viana soa como desrespeito religioso.

Já na 1ª etapa da reforma, pirâmides podiam ser observadas no piso, três delas desenhadas com grama e uma facilmente percebida no centro das outras três (imagem 2).

Curiosamente, o mesmo acontece na chamada praça da Bíblia, no Jequiezinho, reformada em 2003, na gestão do então prefeito Roberto Britto, ex-marido e líder político de Tânia. A praça também não tem Bíblia mas possui duas pirâmides: a vela cultural (imagem 3) e o delta (imagem 4) sobre a placa de inauguração. Além do famoso e debatido obelisco, símbolo da divindade egípcia Rá, deus do Sol.

É estranho esse descaso com o livro sagrado dos cristãos e tamanho apego a monumentos egípcios. Será que tem alguém em Jequié querendo ser faraó?

James Meira

  Imagem 1
Monumento à Bíblia da década de 80 foi removido da Luiz Viana


  Imagem 2
Na 1ª etapa, em dez/2014, 3 pirâmides gramadas e 1 no centro
  Imagem 3
Vista aérea da Vela Cultural (pirâmide amarela) na praça da Bíblia*
  Imagem 4
Placa inaugural da praça da Bíblia, única na cidade com o delta

* O Google Maps identifica incorretamente a Vela Cultural como Ginásio Municipal Dr. Celi de Freitas.

Postado do Blog de James Meira:
James Meira
http://jamesmeirajequie.blogspot.com.br/2017/01/praca-luiz-viana-mais-uma-vez-biblia-e.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.