WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

VEREADORES DE JEQUIÉ FAZEM VOTAÇÃO EM UM MINUTO E MEIO APROVANDO AUMENTO DE SALARIO E ENCERRAM SESSÃO EM SEIS MINUTOS...

Subsídios: Manifestantes cobram revogação da decisão


Manifestantes ameaçam fazer vigília na Câmara até que os reajustes sejam revogados
Manifestantes ameaçavam fazer vigília na Câmara até que os reajustes sejam revogados

Logo em seguida ao encerramento da sessão, um grupo de manifestantes se posicionou em frente à porta de acesso ao prédio da Câmara de Vereadores de Jequié, exigindo que a aprovação do reajuste dos subsídios do Executivo e Legislativo municipal fosse revogado. O presidente da Câmara e onze dos 12 vereadores [Neto da Água Já saiu antes do tumulto] que votaram favoráveis aos dois projetos de lei permaneceram por mais de três horas dentro do prédio.
Policiais militares foram chamados e se mantiveram à distância acompanhando a manifestação
Aparato policial destacado à preservar a ordem e a liberdade de manifestação.
Repetindo palavras de ordem, vaiando e xingando nominalmente os vereadores que votaram favoráveis aos projetos e, também, os que estiveram ausentes, o movimento registrou momentos de tensão. Um desses momentos mais tensos relacionou-se com o fato do assessor de um vereador ter arrancado bruscamente com um veículo oficial da porta da Câmara, por pouco atropelando duas pessoas. Evandro Lopes, funcionário da Associação Comercial e Industrial de Jequié, foi uma dessas pessoas, tendo sofrido uma pancada na cabeça. O nome do vereador e a placa do carro foram repetida várias vezes pelos manifestantes.
Consulta: https://www.sinesp.gov.br/sinesp-cidadao

Também era comentado por pessoas que se encontravam acompanhando o movimento na Rua 2 de Julho, que será dada entrada numa ação na Justiça cobrando a anulação do ato que aprovou os dois projetos de lei estabelecendo os reajustes dos subsídios, por incorrerem em ilegalidade perante a legislação pertinente e a Lei Orgânica do Município. De acordo com essas pessoas, a Lei  Municipal estabelece que a votação de reajustes de subsídios deve ser realizada 30 dias antes das eleições municipais, o que teria deixado de ser cumprido.

Postado do Blog Jequié Repórter:
Jequié Repórter


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.