WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

ENTENDA O QUE É O VOTO BRANCO E VOTO NULO

Voto branco
Quem vota em BRANCO abdica de seu direito de contribuir, com o seu voto, para a eleição. Desde 1997 (Lei 9.504/97) os votos EM BRANCO são considerados inválidos.
Para votar em BRANCO, basta apertar o botão “BRANCO” na urna eletrônica.

 Voto nulo
Muitas pessoas acreditam que votar NULO é uma forma de contestação, pois vota desta forma o eleitor que não está satisfeito com a proposta de nenhum candidato e se recusa a ceder seu voto para um ou outro. No entanto, o voto NULO, assim como o Branco, é considerado um voto inválido (Lei nº 4.737/1965).
Para votar NULO é necessário digitar um numero inexistente de candidato e confirmar na sequência.

Ou seja: Tanto os votos NULOS quanto os votos em BRANCO não entram no contagem dos votos dos candidatos por serem considerados inválidos pela Justiça Eleitoral.

Consequências
É comum entendermos que o voto que não entra na contagem de votos não tem qualquer influência sobre uma eleição. Mas na verdade não é bem assim. Ao não destinar o seu voto para um candidato específico – seja este voto NULO ou em BRANCO, você está cedendo votos inválidos para a disputa eleitoral, ou seja, além de não contribuir com sua opinião sobre os candidatos, você deixa de influenciar a proporção de votos que poderia, por exemplo, levar uma eleição para o segundo turno. Entenda melhor assistindo ao vídeo:


ANULAÇÃO DAS ELEIÇÕES E VOTO ANULADO
Segundo o Artigo 224 do Código Eleitoral, ao contrário do que muita gente acredita, mais de 50% de votos NULOS e/ou BRANCOS não cancelam uma eleição.
Os únicos fatores que podem levar ao cancelamento de uma eleição e à convocação de uma nova são: se o candidato que detém mais de 50% dos votos tem seu mandado cassado ou se tem sua candidatura cancelada por irregularidade na inscrição. Quando uma dessas situações ocorre, todos os votos que foram dados a esses candidatos são ANULADOS.
Os votos ANULADOS não são a mesma coisa que os votos Nulos. Votos ANULADOS são invalidados pela Justiça Federal por irregularidades eleitorais como as citadas acima, alheias à vontade do eleitor, e mesmo por irregularidades que ocorrem no ato do voto, como o eleitor que vota em uma seção errada, por exemplo.
Postado do Blog #AcreditoNoBrasil:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.