WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quinta-feira, 14 de julho de 2016

JEQUIÉ – BAHIA: O FIM DO HECATOMBE BRITTO!

Havia apenas o silêncio. O silêncio!


A realidade na cidade de Jequié, do ponto de vista da execução de serviços por parte da Prefeitura de Jequié parece estar tendo uma mudança. Se não tão rápida quanto todos gostaríamos, as coisas têm acontecido pelo menos na direção certa, para frente! E esse olhar para o futuro, parece ter norteado os dois primeiros meses da nova gestão que assumiu os destinos da cidade após a hecatombe que destruiu o município e arruinou os cofres públicos, gerando uma das maiores crises financeiras para os cofres municipais que se tem história. O fato real e que deve ser analisado friamente, sem os calores e paixões políticas, é que este novo governo vem se esforçando para acertar. Neste momento atual, que é o da reconstrução, a gestão vem fazendo alterações pontuais e acertadas para equacionar alguns problemas herdados do desgoverno anterior. A troca das empresas de coleta de lixo, se confirmado a alteração em valores para menos, terá sido uma tacada interessante. A diminuição desses valores pode representar mais oxigênio financeiro para outros setores. O encaminhamento do projeto de lei que aprovou o plano de cargos e salário dos agentes de endemias e agentes de saúde, a promoção dos 18 guardas, além do chamamento dos 179 aprovados no concurso 2012, podem ser considerados os pilares de um horizonte bastante acolhedor e que coloca a nova gestão num seleto grupo de governos cujas ações implementadas tendem a elevar o município e seu povo, a um nicho de desenvolvimento e progresso! Os problemas ainda existem e nós da Cidade Sol FM, continuamos a aponta-los aqui no nosso jornalismo. Ainda temos questões abertas como os postos de saúde que continuam esperando a chegada dos medicamentos, que tiveram os 2 milhões e 900 mil reais desaparecidos na gestão anterior! Temos ainda a finalização dos pagamentos a empresa terceirizadora, cujo débito encontrado lá era de cerca de 8 milhões de reais e que vem sendo quitado em partes. Ainda existem pagamentos para a empresa de locação de transportes, cujo débito era de 10 milhões e também vem sendo negociado. Entre outros problemas que ainda existem. Mas verdade deve ser dita aqui: As coisas não estão paradas, mortas ou esquecidas. Situação bem diferente de um passado não tão distante, em que nem a prefeita afastada falava e nem seus secretários se comunicavam. Havia apenas o silêncio. O silêncio!

EDITORIAL CONEXÃO 2ª. EDIÇÃO (13-07-2016)
Resultado de imagem para cidade sol fm


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.