WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 30 de março de 2016

NOTA DE REPUDIO: APPM-BA REPUDIA AÇÃO DO JUDICIÁRIO EM LIBERTAR OS ASSASSINOS DO SOLDADO JURANDY.


A Associação dos Praças da Policia Militar da Bahia, o povo de Jequié repudiam a ação da Juíza Luciana de Carvalho Corrêa de Melo, por libertar 4 delinquentes que participaram do assassinato brutal e covarde do Soldado Jurandy Oliveira no dia 25 de agosto de 2012, no dia do Soldado. O crime trouxe uma grande comoção popular e foi tido como um dos crimes mais bárbaros da história policial de Jequié. Até hoje familiares, amigos e a corporação militar choram a perda do soldado Jurandy. Na tarde de hoje (29/3) foi cumprido o alvará de soltura expedido pela Juíza Luciana de Carvalho Correia de Mello, que justificou o ato pelo excesso de prazo. Os beneficiados pelo alvará são: Jonatan Caíque, Michel Xavier, Lucas Matos e José Carlos Henrique 'Carlinhos'. Relembre o caso: No dia 25 de agosto de 2012 a comunidade Jequieense ficou chocada ao tomar conhecimento de um dos crimes mais bárbaros da história policial de Jequié, o assassinato cruel do candidato à Vereador pelo PT e também soldado da PM, Jurandy Oliveira, o crime teve requintes de crueldade visto apenas em filmes de máfia hollywoodiana. Cerca de 11 bandidos sequestraram Jurandy no seio de sua família, inclusive agredindo o seu filho, que pedia para não levar seu pai, no entanto, os criminosos além de sequestrarem a vítima, cometeram uma série de crimes no local do sequestro, saqueando e agredindo com socos, facadas e tiros, todos os que estavam presentes do ¨Bar do Dedéu¨, situado no Rio Preto do Costa, região rural de Jequié. Na sessão da Câmara Municipal de Jequié nesta terça-feira (29/3), o vereador Soldado Gilvan que também é vice-presidente da Associação dos Praças APPM, também fez discurso de repúdio a ação do judiciário e da juíza que proferiu o despacho pela liberdade dos criminosos. O Edil classificou como um absurdo sem procedentes e um atentado à sociedade, haja vista que a mesma juíza também expediu a liberdade provisória de um outro criminoso no dia 15/3 que assassinou a ex namorada no Alto do Amor com requintes de crueldade. 

Fonte: APPM/BA.

Postado do Blog Programa na Boca do Povo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.