WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 21 de novembro de 2015

LÍDER X CHEFE: FAÇA A SUA ESCOLHA

Por Rose Mercatelli

Comandar ou orientar?  Centralizar ou motivar? Dar ordens ou preparar pessoas? Conheça as características fundamentais para exercer a liderança e faça o teste para saber se você está no caminho certo de conquistá-la

Imagem: http://www.cliquepiripiri.com.br/noticias/lider-ou-chefe-com-capa-de-lider

Até a década de 90, a maioria das empresas mantinha uma política baseada em comandos e regras centralizados na figura do chefe. Mas, a partir daí, a mentalidade começou a mudar. “Com a globalização e o avanço tecnológico, as empresas precisaram mudar de foco. O mundo passou da era industrial para a época do conhecimento. Por isso o mercado não precisava tanto de braços operacionais, mas de cabeças pensantes”, diz a psicóloga Neli Barboza, diretora da Terra Assessoria em RH Ltda, de São Paulo.
Nessa trajetória, sai o empregado, aquele que precisa ser mandado por um chefe, e entra o parceiro e colaborador, muito mais disposto a “pensar” em sua empresa como um time. E, para orientar esse novo jogo, chegou o líder. E o chefe, aquele que dita regras, perdeu a vez e a reputação, à medida que a própria palavra que designa o cargo já ostenta uma ligação direta com a imagem de uma pessoa autoritária.
“Existe distinção entre os papéis. O chefe comanda, centraliza e cobra. O líder orienta, motiva e prepara as pessoas”, resume Izabel de Almeida, managing partner da Thomas Case & Associados, em São Paulo.
É comum escutarmos que a liderança é um dom, assim como tocar piano ou pintar. Porém a teoria é questionada pelos especialistas. “Ter mais perfil para líder ou chefe é uma característica ligada à história de vida de cada um”, diz a psicóloga Neli Barboza. As experiências pessoais nos ajudam a escolher o caminho que decidimos tomar. É mais provável que um filho de pais autoritários, cheios de regras e pouca conversa, por exemplo, torne-se um chefe do tipo clássico, pois esse foi o modelo que teve para se inspirar.

Ajustes necessários

É fato: às vezes, você pode ter perfil e carisma para se tornar um grande líder, mas, em função de prazos, exigências e postura da própria empresa, percebe que,  na verdade, está exercendo a função de chefe, centralizando o trabalho e as decisões.
Antes que o desconforto se transforme em desmotivação, é bom fazer uma análise de contexto. Perceba primeiro quais são os objetivos da empresa. Se for obter resultados imediatos e se manter na tradição, a figura do chefe realmente é mais indicada no caso. “A saída talvez seja procurar outra empresa que tenha uma visão mais parecida com a sua”, sugere a psicóloga Neli Barboza. Mas, se acredita que ela quer investir em transformações a médio e longo prazo para se tornar realmente competitiva, talvez seja o caso de marcar uma conversa com seu diretor sobre como está se sentindo a respeito de suas atribuições. A partir dessa conversa, quem sabe, surjam as acomodações necessárias para você exercer a sua liderança.

Veja as diferenças de postura entre chefe e líder, segundo as consultoras Izabel de Almeida e Neli Barboza:
O chefe

1 – Verbos preferidos: mandar e comandar
2 – Usa o pronome eu e raramente o nós
3 – Toma sozinho suas decisões
4 – Fala mais do que escuta
5 – É centralizador, tudo tem que passar por sua aprovação
6 – Seu foco é o resultado imediato para a empresa
7 – Não tolera erros
8 – Procura culpados e aterroriza em relação a prazos
9 – Esconde sua insegurança sob a postura de autoridade
10 – Não comunica claramente suas decisões
11 – Só se interessa pelo lado profissional de seus comandados
12 – Não gosta de “invenções”. Só o cumprimento das tarefas
13 – Não confessa seus erros. Passa a bola para frente

O líder

1 – Verbos favoritos: orientar e motivar
2 – Usa “nós” ou “A equipe”
3 – Toma decisão junto com seus liderados
4 – Prefere escutar e trocar ideias em vez de impor as suas
5 – Escolhe agregar, compartilhar em vez de centralizar
6 – Seu foco é preparar pessoas, e não visar a resultados imediatos
7 – Aprende com os erros, seus e dos outros
8 – Procura soluções viáveis e inteligentes
9 – Não precisa da aura de autoridade para se sentir seguro
10 – Sua comunicação, escrita ou falada, é clara
11 – Enxerga seu colaborador como ser humano, acima de tudo
12 – Estimula a criação de seus liderados, pois acredita que surgirão daí os melhores resultados
13 – É humilde para admitir e assumir que errou

TESTE PROFISSIONAL
Líder ou chefe?
Responda às questões e descubra se suas atitudes revelam uma chefe autoritária ou uma líder nata
Assinale a afirmação que mais tem a ver com você e confira os resultados.
1. Você delega funções?      
a) Sim, de acordo com a aptidão e a experiência de cada um.        
b) Não. Assim diminuo o risco de erros.      
c) Deixo que cada um decida o que quer fazer.                   

2. A diretoria não gostou do projeto elaborado por sua equipe.           
a) Reúno todos para que possamos encontrar as falhas e as soluções.        
b) Chamo a atenção de quem não colaborou como deveria.
c) Critico a diretoria. Eles não sabem avaliar o empenho do meu pessoal. 

3. O trabalho está atrasado. A gerência cobra agilidade.  
a) Converso com a equipe sobre a importância de cada um no processo e a necessidade de sermos mais ágeis.  
b) Exijo dedicação exclusiva por tempo indeterminado. E deixo clara a minha posição para quem não estiver satisfeito. 
c) Procuro fazer tudo sozinha para não sobrecarregar a equipe.

4. Um erro de um colaborador seu gerou consequências no resultado final.   
a) Assumo a responsabilidade, mas busco resolver o problema criado junto com meus liderados.
b) Prometo achar o culpado e responsabilizá-lo por seu erro na frente de todos.   
c) Admito a culpa. Como líder, considero-me responsável pelos acertos e erros de todos.           

5. Você ficou sabendo que haverá corte de pessoal na empresa.                       
a) Informo minha equipe a respeito da crise com o máximo de clareza. E fico atenta à reação de cada um, apoiando os que precisarem de ajuda.  
b) Procuro esconder a situação para não arrumar mais problemas do que já tenho.
c) Conto a verdade, mas prometo que ninguém vai ser mandado embora.

6. Seu assistente mudou de comportamento. Chega atrasado todos os dias e comete erros bobos, um atrás do outro. 
a) Convido-o para tomar um café, converso e procuro entender a situação para poder ajudá-lo, se for possível. 
b) Cobro mais empenho e horários, mas não quero saber de seus problemas pessoais.
c) Aconselho a ele que saia de férias. Mas não tenho coragem de comentar nada para não deixá-lo ainda mais angustiado.

7. Para você, um líder deve . . .      
a) Orientar, escutar, compartilhar e formar novas lideranças.          
b) Comandar e cobrar resultados para a empresa.    
c) Compreender as dificuldades, ajudar e proteger.

Resultados:

Se a maioria das suas respostas for A: Liderança nata  

Você nasceu com o dom. Sabe escutar as pessoas, compartilha suas dúvidas e aceita boas ideias sem medo de perder o posto. Ao contrário, você quer formar profissionais para sentar na sua atual cadeira para poder alçar voos mais altos. Está no caminho certo.

Se a maioria de suas respostas for B: Sem jogo de cintura        

Talvez você precise ter mais confiança em si mesma. Por insegurança, usa a autoridade para se fazer obedecer. Ainda não aprendeu que escutar o outro pode trazer bons resultados. Não rejeite de cara a ideia do seu estagiário. Ela pode valer muito. Com esse tipo de atitude, você mais afasta do que agrega as pessoas que trabalham com você. O resultado final nunca é muito bom.

Se a maioria for C: Maternal demais        

Ser firme, quando necessário, não significa ser carrasco. Passar a mão na cabeça a cada erro, mais ou menos grave, e assumir as responsabilidades pelo outro não ajuda ninguém a crescer profissionalmente. Não tenha medo de se colocar. Você pode deixar clara a sua posição e as necessidades da empresa, sem que, para isso, precise bancar a ditadora. Pense nisso.


Postado do Portal Thomas Case & Associados:
logo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.