WEB RÁDIO JESUS A VIDA

domingo, 22 de junho de 2014

ESTA É A GERAÇÃO QUE COMPARTILHA TODA SORTE DE ABSURDOS EM SUAS REDES SOCIAIS, QUE COMPARTILHA...

A Geração da Futilidade Gospel


A geração facebookiana é também a geração dos shows, das novas tecnologias, das novas tendências musicais, teológicas, litúrgicas e até missiológicas. Hoje, surgem novos modelos a cada ano, a cada Congresso, a cada Simpósio ou a cada encontro das chamadas "conscientizações".
Ouve-se falar de novas unções, novas revelações, de um novo tempo, de uma nova forma de adorar, de uma maneira inovadora de comunhão, de métodos espetaculares de formação de líderes e de igrejas, de novos conceitos da vida cristã, da adoração, etc.
Os eventos que propagam estas novas tendências superlotam com inscrições de valores astronômicos com hospedagens em hotéis cinco estrelas que se transformam no sonho de consumo de obreiros desavisados. Cruzeiros, viagens à terra prometida com super pastores de conhecimento bíblico "único" e batismos em rios sagrados e subsídios arqueológicos de fazer Fávio Josefo ficar de queixo caído.
Os sonhos de Deus, se é que existem, (não consigo acreditar em um Deus com anseios humanos, mas num Deus com planos muito bem elaborados com o fim de glorificar o seu nome e expandir seu reino), passam a ser o de todos. Todos tem sonhos de Deus!? A balbúrdia teológica tem significado na mente e coração de incautos e indoutos!
Os jargões são repetidos em canções vazias e, às vezes, meramente mercadológicas. Os altos cachês anunciam o valor do artista gospel, mas também do mercenário disfarçado em "ministro do louvor", que vai falar em línguas estranhas em histéricos "Clamas" ou "Abalas", mas que fornicará no confortável apartamento pago com santos dízimos e ofertas.
As tolices saem dos lábios deles, dos tele-evangelistas tupiniquins em sua roupa de grife e em suas performances modernas, em suas canções que comporão a trilha sonora da comunidade da zona que vai de norte a sul deste país gospealizado e ao mesmo tempo afastado dos princípios das Santas Escrituras.
É a geração da futilidade gospel, do engodo americano, da cultura da Teologia da Prosperidade, do discurso de Hagin, Kenyon e Macedo.  É a geração que está fazendo um feijão com arroz de verdades bíblicas e misticismo, fadando a alma de pobres desavisados ao inferno!
Essa mediocridade é a tônica, é a máxima. É o tom desta vida cristã hodierna, é a realidade que esconde a outra realidade, a de Deus. É a futilidade em sua forma mais infame, mais diabólica. Mas é ela que ovacionamos, e a entronizamos nas diversas relações do nosso dia a dia. Ela é tão real, que o real mesmo, aquele que grita nas páginas do livro sagrado que mantemos fechado e obscuro, parece um conto contado na geração passada e que se transformou em historinha de escola dominical, nada mais.
Esta é a geração que compartilha toda sorte de absurdos em suas redes sociais, que compartilha a heresia em forma de canção, de poema, de verso e ofende a Deus com o que curte e com o que comenta, porque o conhecimento do Altíssimo lhes falta e, sem perceber, perecem no vazio de seu cristianismo.
Esta é a geração da futilidade gospel, cuja cegueira é tão profunda que seria capaz de dizer que meu texto é catastrófico, é como se fosse a lamentação de Zedequias em Ribla, o anúncio do fim daquela que era a escolhida do Eterno na terra de Hamate. Mas os tais se colocam como o quebrador de jugos, Hananias.

Postado do Blog do Pr. Raimundo Campos:



“A PAZ SE POSSÍVEL, MAS A VERDADE A QUALQUER PREÇO”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.