WEB RÁDIO JESUS A VIDA

segunda-feira, 16 de junho de 2014

#ANO03: A GERAÇÃO DE ANANIAS E SAFIRA DOS TEMPOS MODERNOS...

Estamos vivendo a geração Ananias e Safira. Uma geração que absorveu daquele mesmo espírito que levou Ananias e Safira à morte. No capítulo 4 do livro de Atos você lê uma narrativa tremenda! A igreja primitiva tinha um só coração, um só pensamento, uma só mente. O Senhor fazia milagres, sinais e prodígios por meio dos apóstolos. Atos 4:32 diz que existia uma multidão que cria, que acreditava, que recebia, que tinha generosidade; era uma geração benévola. A igreja estava descobrindo a sua prosperidade. A igreja começou a crescer e a ficar rica. Não havia necessidade alguma entre os fiéis. Responda-me: Você precisa que alguma necessidade na sua vida seja suprida? Seja sincero! Você conhece alguém na igreja que está passando uma necessidade?    
A igreja primitiva ficou rica e não havia entre eles nenhum necessitado. Chegará o dia que na célula não haverá nenhum necessitado. Chegará o dia que nos doze não haverá necessitados. O que mais precisamos hoje? De emprego e de um emprego que nos dê condição de sobrevivência. Isso só será possível se a geração for generosa e benévola; se a geração for fiel no pouco. Se você for fiel no pouco, o Senhor lhe colocará no muito (Mt 25:21). Se você quiser entrar no muito do Senhor, honre-O no pouco. Você diz que não dá porque tem pouco, mas precisa aprender a ser fiel no pouco para adquirir o muito. Você é um dizimista e ofertante fiel? A igreja nasceu com um caráter generoso e benévolo e zerou a necessidade do povo. Havia entre eles uma unção de suprimento.
Benevolência e generosidade fazem parte do currículo de quem quer ser próspero. A pessoa benévola é alguém que tem a graça e a pessoa generosa tem misericórdia e socorro. A igreja nasceu e a sua necessidade no início era sinais, milagres, prodígios e maravilhas. Isso era o que a igreja queria. Mas, Deus lhes deu muito mais. O Senhor lhes deu riquezas. A Bíblia fala que da multidão dos que criam, todos tinham o mesmo sentimento. Quando todos tiverem o mesmo sentimento, as necessidades serão supridas. Você pode dizer: Ah, pastor! Isso é difícil. Mas, a Bíblia diz que era uma multidão com o mesmo sentimento (At. 4:32). O sentimento pode ser individual, pode ser coletivo e pode ser de uma multidão.    
Você verá que o resultado desse ministério é personificado numa pessoa chamada Barnabé ou José da Consolação. A igreja começou a ser consolada, pois não havia dentre o povo um necessitado sequer. Porém, Satanás entrou no contra-ataque e pegou numa equipe pessoas conhecidas dos apóstolos para minarem a essência do sagrado, para contaminarem os dízimos e as ofertas que estavam sendo trazidas. O Espírito Santo disse a Pedro: Ananias e Safira mentem a ti (At. 5:3). Era tanta oferta que Pedro poderia apenas admoestar o casal. Quando alguém rouba a Deus, quem denuncia? O Espírito Santo. O Espírito Santo não quer um templo sujo e o que mantém o templo limpo é a fidelidade. O nosso templo só ficará limpo pela fidelidade. Você é dizimista? Você é ofertante? Não adianta mentir, pois o Espírito Santo lhe conhece.  
O nome Ananias não significa infidelidade, mas nesse contexto, ele personificava essa infidelidade. Ao mesmo tempo que existia José da Consolação que personificava a igreja generosa, benévola, dos milagres, existia Ananias, a personificação da infidelidade. O capítulo 4 de Atos fala das vitórias, e o capítulo 5 fala do contra-ataque. Satanás vai sempre trabalhar para fazer com que você minta acerca dos dízimos e das ofertas, que não lhe pertencem, mas pertencem ao Senhor. O inimigo vai tentar lhe enganar, porque se ele conseguir fazer com que você não entregue o dízimo, ou entregue apenas uma parte - o que não adianta - ele estará lhe prendendo na infidelidade. 

Se você financia um carro em 12 vezes e diz que vai pagar apenas a primeira, a quinta, a décima e a décima segunda prestações, você não pode dizer que quitou o seu carro. Nesse momento já haverá oficial de justiça atrás de você. O oficial de justiça espiritual está atrás de você (Ml. 3). O anjo mensageiro da aliança observa essas coisas. Você pode enganar ao líder de célula, a quem quer que seja, mas no céu, só existem duas definições: ou é fiel, ou é ladrão (Ml. 3:7-8). E, lugar de ladrão é na cadeia. É por isso que muita gente vive em prisões. Mas, o livro de Naum nos diz que o Senhor será uma fortaleza no dia da angústia, romperá nossas cadeias e não sofreremos a mesma angústia duas vezes (Na 1). Mas, para sair da prisão, é preciso pagar a fiança. Nesse caso, pagar a fiança é se reconciliar com a fidelidade, para que a escrita "ladrão" que está nos céus da nossa cabaça, seja apagada. Se eu lhe chamar de ladrão, você pode me processar por calúnia e difamação. Mas, se Deus lhe chama de ladrão, é outra história. Você vai colocá-lo na justiça? Deus não quer nos penalizar, porque muita coisa fizemos por ignorância. Creio que estamos começando um novo tempo. Veremos a casa do tesouro com todos os seus suprimentos em dia.

O espírito que regia Ananias que veio para plantar a infidelidade está no ar. O resultado do espírito de Ananias é a morte. A Bíblia não diz que Ananias morreu porque não entregou o dízimo ou a oferta, mas porque mentiu ao Espírito Santo. Muitos de nós fazemos algumas coisas e, cinicamente, mentimos ao Espírito Santo, porque o nosso coração ainda não é liberto. Precisamos honrar o Espírito Santo. Quando não entregamos o dízimo e a oferta, estamos mentindo ao Espírito e não ao nosso líder. Essa geração Ananias e Safira é uma lástima, porque vem infidelidade e morte como resultado por mentir ao Espírito Santo. Mas, graças ao Pai pelo sangue do Cordeiro. Ele está disponível para você, para trazer a revelação ao seu entendimento e lhe libertar. Numa igreja fiel, há sinais, prodígios, maravilhas, consolação, benevolência e generosidade. Tudo isso é característica de uma multidão curada, que conhece o Messias. Mas, a geração Ananias e Safira sai da fidelidade e atrai o espírito de morte.     
 
Não brinque com o Espírito Santo. Não entregar dízimos e ofertas é não zelar pelo patrimônio de Deus, que somos nós, templo do Espírito Santo. A nossa geração está com a síndrome de Ananias e Safira. Está faltando o Barnabé, o José da Consolação. Um dia nós ouviremos por todos os nossos discípulos: a minha necessidade está suprida. Você pode até ter alguns alvos pessoais, mas necessidades básicas serão supridas. Quando nos tornamos dizimistas fiéis, Deus fecha nosso caminho para a farmácia, para o hospital, para a oficina, para todos os lugares pelos quais o diabo quer sugar nossas finanças. Satanás procura as brechas para enfermar o povo quando descobre uma geração infiel. Mas, eu creio que o Senhor estará levantando mais Barnabés e a nossa geração será curada e será um referencial de fidelidade.


Postado do Blog Monte Sião:

Imagem Google:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.