WEB RÁDIO JESUS A VIDA

terça-feira, 6 de maio de 2014

PREFEITA TÂNIA BRITO (PP) SE PREOCUPA COM AS FESTAS DO SÃO JOÃO, MAS NÃO COM A GREVE DA EDUCAÇÃO...

Jequié: prefeitura ignora greve dos professores e deixa 19 mil alunos sem aula

Professores do município de Jequié fazem mobilização de rua para sensibilizar o governo. Foto: Gicult
Professores do município de Jequié fazem mobili-
zação de rua para sensibilizar o governo. Foto: Gicult
Apesar da educação sempre entrar como prioridade nos discursos políticos, na prática isto não vem acontecendo em vários municípios. Em Jequié, uma das maiores cidades da região Sudoeste da Bahia, a greve dos professores da rede municipal foi iniciada no dia 28 de abril e até agora a prefeita Tânia Britto (PP) e o secretário de educação João Magno não se movimentam para resolver o impasse que deixa 19 mil alunos 
sem  
aulas, tanto na sede como nos distritos.
Segundo a APLB - Sindicato, nas diversas assembleias, desde o dia 14 de janeiro foi entregue ao governo a pauta de reivindicações da categoria, que incluem a reposição salarial conforme o índice definido para o Piso, na ordem de 8,33%, e a melhoria da estrutura das escolas. Apesar da possibilidade da greve ter sido anunciada nas diversas manifestações, e nas poucas audiências ocorridas com a gestão, o governo não apresentou oficialmente, até o momento, uma resposta às demandas da categoria, que quer a aplicação da lei do Piso Salarial Nacional e o respeito ao Plano de Carreira, conforme nota publica da entidade sindical. Diante da gravidade da situação, que envolve a preocupação com o cumprimento do ano letivo e o futuro dos educadores e estudantes, a Câmara de Vereadores – e sua Comissão de Educação – não pode se omitir neste momento em que o Executivo demonstra falta de sensibilidade para resolver questão tão importante. Nesta semana, próxima quinta-feira (8), às 9h, no auditório da Terceira Visão, a categoria fará mais uma assembleia geral para avaliar o movimento e espera – segundo informa o Sindicato – uma contraproposta do governo para tomarem uma decisão quanto aos rumos do movimento. 
Abaixo, leia a NOTA PÚBLICA da APLB-Sindicato:
..............................................................................................................................  
NOTA DA APLB SINDICATO DE JEQUIÉ
Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Ensino de Jequié continuam em greve.
Os professores da rede municipal de ensino de Jequié continuam em greve. Essa decisão foi tomada em uma assembleia da categoria, na terça-feira, dia 29/04/2014 porque o Governo municipal, através da Comissão Permanente de Negociação, não apresentou nenhum posicionamento oficial com relação a reivindicação da categoria que foi encaminhada através de oficio datado de 14 de janeiro de 2014. Os professores estão firmes nesta luta, pois afirmam que a greve é justa e legítima, pois lutam pelo cumprimento da legislação. É importante que os pais não mandem seus filhos para às escolas municipais porque às aulas não foram normalizadas devido à continuidade da greve. Na oportunidade, a APLB Sindicato convoca professores e professoras para uma nova assembleia da categoria, que acontecerá no dia 08 de maio do corrente ano, quinta-feira, às 9 horas, no Auditório da Terceira Visão que tem como pauta: Avaliação da greve na rede municipal de ensino e os novos rumos do movimento grevista. (APLB Sindicato. A Nossa Marca é a Luta)
Postado do Blog do Cantor Evangélico Charles Meira:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.