WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

PREFEITURA DE JEQUIÉ: UMA LOUCURA ATRAS DA OUTRA...

Joaquim Caires diz que prefeitura praticou violência contra a história ao fechar o Museu

Vereador Joaquim Caires disse que o jornalista Raymundo Meira, fundador e diretor do Museu foi desrespeitado
#Vereador Joaquim Caires disse que o jornalista Raymundo Meira, fundador e diretor do Museu foi desrespeitado com a abruta decisão

A interdição do Museu Histórico Cel. João Carlos Borges, pela prefeitura de Jequié, com o anunciado propósito de executar obras de reforma da estrutura do espaço, na opinião do vereador Joaquim Caires (PMDB), foi um ato de violência praticado pela administração municipal,  ”para com a história da cidade e, também com o fundador e proprietário de grande parte do acervo alí exposto, jornalista Raymundo Meira Magalhães”. Caires relatou que foi colocada uma placa sinalizando a realização da restauração do imóvel, sem que fossem estabelecidas datas de início e conclusão desses serviços. Disse ainda, que parte do acervo existente no museu, é fruto de doações conseguidas pela ASSAM - Associação dos Amigos do Museu de Jequié, entidade idealizada por Raimundo Meira e  foi retirada do local sem que serem repassadas informações para onde seria levada. “Sugiro ao jornalista Raimundo Meira, que dê entrada num pedido de busca a apreensão”, acrescentou o vereador lembrando que esse material que foi retirado poderá desaparecer sem que seja informado o seu paradeiro, num grande prejuízo em termos da preservação do patrimônio histórico do município de Jequié.

Postado do Blog do Jornalista Wilson Novaes Jr.:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.