WEB RÁDIO JESUS A VIDA

terça-feira, 17 de setembro de 2013

JEQUIÉ - BAHIA: A CIDADE DO QUANTO PIOR MELHOR III...

Jequié, ou jequiera?

Jequié, ou jequiera?
Até quando a cidade de Jequié vai continuar perdendo atrativos, fechamentos de repartições e retrocedendo no tempo? A cidade já foi a quarta maior do interior da Bahia, a população estagnou em pouco mais de 150 mil habitantes, segundo o IBGE, e nada é feito para mudar esse quadro. Um empresário teve de retirar o barco (escuna) para outra cidade por que o largo da Barragem da Pedra não oferece mais condições para exploração turística, as estradas estão em péssimo estado, a lei de proteção ambiental fez demolir construções irregulares que estavam dentro da faixa de 30 metros. O Museu Histórico está fechado; o Centro de Cultura ACM está parado por falta de ar condicionado; degradação do Centro Industria; o restaurante popular não funciona; o expediente da Prefeitura é até as 13 horas; a fonte luminosa da Praça Ruy Barbosa está desativada; aeroporto interditado; trânsito desorganizado; falta medicamento nos postos de saúde; CPI's da saúde e do governo Luiz Amaral sem andamento e o Centro de Abastecimento Vicente Grilo precisando de uma reforma urgente. Nove meses já se passaram e a administração da Prefeita Tânia Britto ainda não atendeu as expectativas dos quase 80% de eleitores que votaram nas eleições municipais e delegaram a mesma a missão de resgatar a autoestima dos jequieense, no governo estadual a situação é a mesma, temos que assistir investimentos chegando para outras cidades e Jequié ficando de fora. Até quando?

RELEMBRE O CASO:

Um comentário:

  1. O fascismo construiu Jequié para as famiglias, não para o povo. Fazem 100 anos. Só quem cresce são suas famiglias. Confiram!

    ResponderExcluir

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.