WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 4 de maio de 2013

CADÊ O CONSELHO DOUTORA?!


Jequié: Prefeita, a Cultura precisa do Conselho. Posse Já!



Reunião discute demora para nomeação dos Conselheiros do CMC. Foto: enfoque cultural
Reunião discute demora para nomeação dos Conselheiros do CMC. Foto: enfoque cultural
Em reunião realizada na noite de ontem, dia 3, na Casa da Cultura Pacífico Ribeiro, um grupo de pessoas ligadas ao movimento artístico e cultural discutiu a atual situação de impasse criada pela Prefeitura de Jequié quanto a não publicar o Decreto com a nomeação dos Conselheiros do Conselho Municipal de Cultura (CMC), eleitos a quase dois meses.
Lentidão
Presente à reunião, e cobrado pelo atraso da assinatura do documento de posse, o Diretor de Projetos Culturais Sérgio Mehlem se defendeu dizendo que tem feito gestões para agilizar a tramitação dos papeis, inclusive apresentou um ofício com a solicitação para reforçar seu argumento. Sérgio disse que desconhece as razões para a demora, mas justificou: “Atualmente, encontra-se na Prefeitura de Jequié uma pilha de processos que estão sendo despachados pela Procuradoria Jurídica do Município, apesar das minhas insistentes cobranças ao procurador Marcos Neves, desconheço o motivo da lentidão, embora, acredite que até a próxima quarta-feira (8), finalmente o decreto seja publicado”.
Eleição legítima
Por questões burocráticas ou políticas, não há uma razão clara apresentada para a protelação da assinatura da prefeita Tânia Britto. Apesar de não explicitarem abertamente, alguns representantes do Executivo já chegam a falar que a prefeita ainda não teria assinado o documento porque o Conselho atual, que segue legalmente os termos votados na Câmara de Vereadores, não estaria contemplando a paridade – representação igual de representantes do governo e da sociedade civil -. Se esse for o motivo, não é uma justificativa aceitável para não se assinar o decreto de posse dos Conselheiros, engavetado há vários dias na Secretaria de Governo, dirigida pelo Sr. Eduardo Barbosa, o responsável interino pela Secretaria de Cultura. Segundo um dos presentes à reunião de ontem, “quando estiver em funcionamento, o Conselho fará as sugestões de adequação do regimento interno e outra mudanças necessárias, em comum acordo com o governo. A eleição do Conselho foi legítima e é no mínimo um descaso atrasar a posse dos representantes da cultura, algo inédito na história de Jequié”.
Posse Já!
O fato é que o nível de insatisfação do segmento artístico já chegou ao limite devido à protelação. Por isso, foi marcado uma manifestação de protesto para a próxima terça-feira, 7 de maio, a partir das 16h, no prédio sede da Prefeitura, com a chamada: Prefeita, a Cultura precisa do Conselho. Posse Já!
Antes dessa data, será realizada uma ampla mobilização através das mídias sociais, blogs, rádios e outros meios para exigir respeito à cultura e a seus representantes. O movimento pretende também chegar à Câmara de Vereadores. (Gicult - http://www.gicult.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.