WEB RÁDIO JESUS A VIDA

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

YOANI SÁNCHEZ SAIU DE CUBA PARA SER INSULTADA E AGREDIDA NA BAHIA?


Eu vejo um ato de repúdio

Talvez você não saiba, porque nem tudo é contado em um blog, mas o primeiro ato de repúdio que eu vi na minha vida foi quando ele tinha apenas cinco anos. A comoção no sol chamou a atenção das duas garotas que estavam a minha irmã e eu. Nós olhamos para a porta do corredor estreito para olhar lá embaixo. As pessoas gritavam e levantou o punho em torno da porta de um vizinho. Com tão jovem, eu não tinha idéias do que estava acontecendo. Além disso, agora quando eu lembro do que aconteceu tenho apenas calafrio, da memória da ferrovia entre meus dedos e um flash muito breve dos gritos. Anos mais tarde eu poderia construir um caleidoscópio de evocações e saber que as crianças haviam testemunhado a violência contra aqueles que queriam emigrar do porto de Mariel.
Bem, desde então, tenho vivido perto de vários atos de repúdioSeja como vítima ou observador-jornalista nunca ... vale esclarecer, como agressorLembro-me de um particularmente violento que eu experimentei com as Damas de Branco, onde hordas de intolerância que cuspiu, empurraram e puxaram cabelos. Mas ontem à noite, foi inédita para mim. Os extremistas que fizeram piquete contra a exibição do filme de Dado Galvão, em Feria de Santana, foi mais do que uma soma de adeptos incondicionais do governo cubano. Todos tinham, por exemplo, o mesmo documento, impresso em cores, com um monte de mentiras sobre mim, com acusações tão fácil de refutar uma simples conversa. Repetindo um roteiro banal idênticos e sem qualquer intenção de ouvir a resposta que eu poderia dar-lhes. Eles gritavam, interrompendo em um ponto se tornou violento e ocasionalmente citando em coro slogans algo que já não dizer nem em Cuba.
No entanto, com a ajuda do senador Eduardo Suplicy manteve-se calma na adversidade, que me caracteriza, começamos a conversar. Resumo: só sabiam gritar e repetindo as mesmas frases, como autômatos programados. Assim, a reunião foi muito interessante! Eles tinham veias do pescoço inchadas, eu abria um sorriso. Eles fizeram ataques pessoais, tomei a discussão para o plano de Cuba será sempre mais importante do que este humilde servo. Eles queriam me linchar, eu falo. Eles responderam a ordens, eu sou uma alma livre. No final da noite, eu senti como se depois de uma batalha contra os demônios do extremismo mesmo que alimentaram atos de repúdio dos anos 80 em Cuba. A diferença é que desta vez eu sabia que o mecanismo que promove estas atitudes, eu podia ver o longo braço que se move a partir da Praça da Revolução, em Havana.

Postado no Blog Generacion Y:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.