WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

POLÍCIA MILITAR/BAHIA: "NA DÚVIDA CONDENA???"


Soldado diz ser vítima de perseguição


O site Jequié e Região manteve contato com o soldado Gilvan, na manhã de terça-feira (11) em busca de informações sobre o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) aberto por conta da greve dos policiais militares. Nesse processo administrativo em que estavam em desfavor dos 8 policiais de Jequié, o soldado Gilvan foi o único condenado a pena de demissão por 2 votos a 1 proferidos por 3 oficiais da PM. O resultado é contestado, pois teria havido “forte tendência por parte de 2 dos encarregados da apuração, que proferiram os seus votos, alegando que embora nos autos não restara nada provado com relação a crimes praticados por nós no movimento, opinaram pela minha demissão e punição disciplinar para os demais”. Inclusive, essa sentença seguiu desde a data de 10 de maio para o Comandante Geral aguardando a assinatura e publicação da sentença. Outra informação: o Comandante, após várias reuniões, disse que os policiais militares de Jequié não tivera cometido crimes, nem militares, nem crimes contra o patrimônio nem contra pessoas (como ocorreram em outros lugares). Por isso, “acredito que essa publicação ou aplicação dessa pena não acontecerá”, comenta o soldado, que diz ter “todas as provas nos autos de que o movimento em Jequié foi pacífico e ordeiro e o que houve, foi certa perseguição por quem não soube conduzir a greve”. Foto: arquivo.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.