WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

31 DE OUTUBRO DE 1.517: INÍCIO DA REFORMA PROTESTANTE


Em vez de uma Nova Reforma, uma REVOLUÇÃO!


Hermes Fernandes


O assunto carro-chefe da reforma foi, sem dúvida, a justificação pela fé. Os reformadores se aperceberam que a igreja havia se tornado porta-voz da ‘justiça própria’, que é a tentativa do homem de alcançar a salvação por seus próprios méritos.

Tal pensamento resultou na cobrança de indulgências daqueles que almejavam alcançar a salvação.

Os reformadores deveras travaram uma luta hercúlea para resgatar uma das mais importantes doutrinas bíblicas. Suas cabeças foram postas a prêmio, sua reputação lançadas na lama, pelo simples fato de denunciarem os desvios doutrinários apregoados pela sé romana, desmontando assim seu esquema arrecadador.

A graça foi redescoberta. As superstições foram abandonadas. A soberania de Deus destronou a suposta autonomia humana. A arrogância humana definhou.

A justiça própria foi exposta como um trapo de imundície incapaz de estancar nossa hemorragia existencial.

Enfim, a reforma desferiu um golpe certeiro na religiosidade medieval. Conquanto este golpe tenha atingido em cheio o tronco da árvore, deixou intacta a sua raiz, possibilitando-a brotar novamente mais tarde. E de fato, brotou.

Se Lutero pudesse ver em que pé a igreja evangélica chegou, acho que coraria de vergonha. Muito daquilo que Lutero condenava na Igreja Católica de seus dias, tem sido largamente praticado pela igreja advinda de seu movimento, mas numa escala industrial. Sacrifícios, romarias, idolatria, fetiches, são apenas alguns dos sintomas apresentados por uma igreja adoecida e moribunda.

Por que a coisa chegou a este ponto? Seria culpa dos reformadores? Não. O problema é que eles combateram os sintomas, e não a verdadeira doença.

A doutrina da Justificação pela Fé estanca a hemorragia provocada pelo pecado, mas não cura a anemia.

Sem embargo, é importante combater a justiça própria, pois ela nada mais é do que um placebo, um me-engana-que-eu-gosto, ou quando muito, um trapo de imundície (o equivalente ao absorvente feminino). Contem o sangramento, mas não o estanca. É claro que é importante estancar a hemorragia, em vez de tentar contê-la com boas obras. Mas acima de tudo, é importante restaurar a saúde espiritual do ser humano. E pra isso, tem-se que combater o pecado.

Ora, o termo “pecado” significa “errar o alvo”. Qual o alvo original estabelecido por Deus à criatura humana? Essa resposta pode ser encontrada nos dois principais mandamentos de Deus.

...Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos depende toda a lei e os profetas” (Mt.22:37-40).

Eis o alvo de nossa existência! Fomos feitos para o amor. E o alvo deste amor é Deus, e, por conseguinte, nossos semelhantes. Porém, ao cair, o homem desvirtuou-se do alvo, elegendo um novo alvo: seu próprio eu.

Quem disse que Deus ordenou que o homem amasse a si mesmo? O amor próprio é a essência do pecado. É o próprio pecado. Deus jamais nos ordenaria que pecássemos. Ao dizer que deveríamos amar a nosso próximo como a nós mesmos, ele não está endossando o amor próprio, mas condenando-o. Com efeito, Ele disse: O amor que vocês nutrem por si mesmos, devem dedicar aos outros em vez de a si. O “amor próprio” aqui entra apenas como um referencial, e não como algo louvável e que deva ser estimulado.

O amor próprio, também chamado “auto-estima”, tornou-se na mensagem central de muitos púlpitos em nossos dias. A Teologia da Prosperidade é sua filha caçula.

Todos os desvios doutrinários começam nele.

Por isso, acredito que uma reforma nos moldes da que aconteceu no século XVI não seria suficiente. Seria como tentar colocar vinho novo em odres podres. Precisamos de muito mais do que uma reforma. Precisamos de uma REVOLUÇÃO.

E esta revolução acontecerá quando redescobrirmos a mensagem central de Jesus: o AMOR. O amor que se volta inteiramente para fora de nós mesmos.

Quando a igreja cristã redescobrir o amor, e nele for batizada, ela deixará de existir para si mesma, a passará a existir em função dos que estão do lado de fora. Em vez de ficar buscando reformar-se mais uma vez, a igreja deve voltar sua atenção para o mundo, e trabalhar pela sua restauração.

Uma restauração que não acontecerá por impormos nossos pontos de vista, mas por lançarmos olhares compassivos para os necessitados e aflitos. Uma restauração/revolução que acontecerá quando, em vez de dedos a riste, o mundo encontrar em nós mãos estendidas.

Não precisamos de novas teses, e sim de uma nova práxis, fundamentada na verdade e no amor, fonte de toda graça.


Leia Mais em Site Genizah

http://www.genizahvirtual.com/2012/10/em-vez-de-uma-nova-reforma-uma-revolucao.html#ixzz2AsvQnx5F
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

terça-feira, 30 de outubro de 2012

CEADEB 2012: PR. ALFREDO PRA PRESIDENTE "MAIS AMOR, MENOS MEDO"

Não tu mandei eu???


CONHEÇA O BLOG: OS FIEIS DA CEADEB - http://ceadebfiel.blogspot.com.br/






Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. 

Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.  Josué 1

E serviu o povo ao SENHOR todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram depois de Josué, e viram toda aquela grande obra do SENHOR, que fizera a Israel.  Juízes 2.7

http://www.arcauniversal.com/mundocristao/series/noticias/lugares-da-biblia---vale-do-ela-9464.html
“E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, 
e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda
e foi aproximando-se do filisteu.” 

“Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. I Samuel 17

LEMBREM-SE TAMBÉM IGNORARAM O "MENINO DAVI" - DEUS NÃO!


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A IGREJA E A JUSTIÇA SOCIAL


Quando a Bíblia fala de justiça, geralmente ela compreende três aspectos: legal, moral e social. Legal diz respeito à nossa posição perante Deus. O homem é pecador, ou seja, é um infrator da Lei de Deus, e para ser aceito precisa ser justificado. Moral afeta o nível da consciência humana, da conduta, da forma como nos portamos perante a vida. 
Social se refere à vida em sociedade.

Em toda a Bíblia não vamos encontrar Deus tratando unicamente de um dessas aspectos de justiça. Quando Ele exige que o homem seja justo, abrange as três esferas acima citadas. Para exemplificar, tomemos o mandamento de não matar. O aspecto legal é que quem mata está sujeito a julgamento e condenação, pois descumpriu a Lei. Ainda, quem mata não fica em paz com sua consciência, pois sabe que seu ato é moralmente reprovável. Por fim, matar alguém implica em ferir a sociedade e seu equilíbrio. Em direito penal aprendemos que, quando alguém comete um crime, não é apenas contra a vítima que o comete, mas contra toda a sociedade, e por esta razão o Estado deve punir o infrator, para restabelecer o equilíbrio social rompido.


No aspecto legal, Deus providenciou a justificação do ser humano enviando Jesus Cristo para morrer por nossos pecados. Assim, embora eu seja um transgressor da Lei, Jesus me substituiu no cumprimento da penalidade que seria imposta a mim. Estou justificado perante Deus. Isto somente ocorre mediante a fé em Cristo Jesus (Romanos 5).

Quanto à justiça moral, tem a ver com retidão e integridade. Está ligada ao nosso caráter, ao nosso proceder cotidiano. Esta é uma área difícil, pois, embora o Espírito Santo nos alerte e procure nos orientar para andarmos conforme a vontade de Deus, muitas vezes insistimos em fechar nossos ouvidos e caminhar por conta própria, aumentando os efeitos prejudiciais de nosso pecado.


Justiça social é outra área em que os cristãos falham muito. A Bíblia está repleta de ordens divinas no sentido de que deve haver preocupação com a situação da sociedade, dos menos favorecidos, dos oprimidos. Os profetas do Antigo Testamento denunciavam os abusos cometidos pelos que detinham poder político e econômico. No Novo Testamento Jesus nunca foi conivente com a desigualdade social e a marginalização imposta a pessoas consideradas indignas pelos demais, e os apóstolos prosseguiram no mesmo caminho do Mestre, sendo que a Igreja Primitiva era uma bênção nas comunidades onde viviam os crentes, sempre auxiliando o próximo, dando além do que tinham para suprir as necessidades de pessoas carentes, nunca tomando partido de exploradores, mercenários, enganadores do povo.

Hoje, a Igreja no Brasil vive um considerável período de paz e tranquilidade. Não temos perseguições por causa da pregação do Evangelho de Cristo. Pelo menos não como ocorre em países africanos e asiáticos, e em outras localidades do mundo. Talvez essa tranquilidade se deva à mornidão da Igreja, afinal, ela não levanta a voz contra as injustiças que estão aí presentes no nosso dia a dia, ou seja, a Igreja não incomoda os injustos e ímpios.

Aliás, dentro das igrejas é possível ver injustiça social através do preconceito, do comodismo, da cultura do "isso não é comigo". Enquanto Jesus ia até os marginalizados e procurava inseri-los de volta à sociedade, com sua dignidade restaurada, a Igreja atual não tem cumprido esse papel, antes, acaba, muitas vezes, segregando pessoas, criando uma separação que impede que o sal produza algum efeito. O sal fica preso dentro do saleiro, e em vez de se espalhar, quer que os de fora entrem no saleiro.

Quando falo em Igreja, estou falando na comunidade de todos os que professam a fé em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Não me refiro a denominações, mas ao ajuntamento dos crentes em Cristo, e cada crente individualmente.
A Igreja tem levantado sua voz diante dos escândalos que os jornais noticiam diariamente? A Igreja tem se preocupado com pessoas que não têm o que comer, muitas vezes em sua própria cidade, e outras, em localidades mais distantes? A Igreja tem ido ao encontro do necessitado, da viúva, do órfão? O que a Igreja tem feito quando o assunto é justiça social?

Muitos podem pensar que se trata de lançar candidatos crentes. Na verdade, trata-se simplesmente de fazer o que os profetas, Jesus e os apóstolos fizeram: amar a Deus e ao próximo, socorrendo os mais fracos, erguendo a voz contra as injustiças. Não há necessidade de ocupar cargos polícitos para isso. Mas, é algo difícil, pois exige que as pessoas se movam, que saiam de suas casas, que se levantem dos bancos dos templos e vão para as ruas encontrar os marginalizados...

Pregar o Evangelho a todos e fazer o bem, eis a ordem de Jesus. Como disse Tiago, a fé sem obras é morta, não produz resultados para a vida, não faz diferença.

Oremos a Deus para que a Sua Igreja desperte e cumpra sua missão nesta terra, caso contrário, ainda carregaremos o peso do pecado de sabermos que devemos fazer o bem mas não o fazemos, contentando-nos em simplesmente ir aos templos prestar a Deus um culto incompleto, pois Ele requer de nós obediência, e não ritualismo,, formalismo, tradicionalismo, sacrifício e coisas afins.

Que Deus salve a Igreja de se tornar o sal insípido.

"Lavem-se! Limpem-se! Removam suas más obras para longe da minha vista! Parem de fazer o mal, aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão. Lutem pelos direitos do órfão, defendam a causa da viúva." Isaías 1:16-17

José Vicente
05.01.2010

GRIFO NOSSO: I CORÍNTIOS 6.

Postado no Blog Nas Profundezas da Simplicidade:

sábado, 27 de outubro de 2012

CEADEB 2012: PR. ELIENILDO SOARES PRESIDENTE?!

Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto...



ECLESIASTES - CAPÍTULO  12
12 E, demais disto, filho meu, atenta: não há limite para fazer livros, e o muito estudar é enfado da carne. 
13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. 
14 Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.  

IMAGEM CARTAZ DO FACEBOOK DO PASTOR ELIENILDO AMARAL SOARES:

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

PASTOR SILAS MALAFAIA DESMENTE FERNANDO HADDAD CRIADOR DO "KIT GAY"

A mentira deslavada de Haddad e do PT que todo evangélico precisa saber; Pr. Silas comenta

23/10/12 - 12h28
Por Silas Malafaia

Não posso acreditar que a imprensa de São Paulo esteja a serviço de um mentiroso e inescrupuloso como Haddad. Ele nem precisa fazer teste para ser artista; ganha vaga em qualquer filme de Hollywood. Haddad e o PT produziram a notícia de que 20 entidades evangélicas e vários pastores estão apoiando sua candidatura. Tenho certeza de que ele aprendeu a mentir com seus mentores, que acabam de ser condenados pelo Supremo Tribunal Federal por formação de quadrilha.
Vejamos:
MENTIRA 1: Que os pastores pediram reunião com ele. Mentira! A equipe de Haddad que convidou os pastores, e a reunião aconteceu no diretório do PT em São Paulo.
MENTIRA 2: Que os pastores assinaram o manifesto de apoio a Haddad e contra minha posição “violenta” em relação a ele. Mentira! Os pastores assinaram um documento de apoio a Haddad sem saber que o documento também era um documento contra minha pessoa.
MENTIRA 3: Que a reunião foi feita com 200 líderes de entidades evangélicas. Mentira! Não tinha um líder, isto mesmo, um líder evangélico de expressão em São Paulo. Havia somente líderes sem projeção. Eu poderia listar os 20 maiores líderes de São Paulo, e nenhum deles estavam lá.
MENTIRA 4: Que 20 entidades evangélicas estão apoiando Haddad, inclusive a CGADB. Mentira! Como sempre tenho dito, quem apoia são as pessoas, e não as entidades. A CGADB, entidade maior das Assembleias de Deus do Brasil, é presidida pelo Pr. José Wellington, que apoia Serra e nunca falou em nome da CGADB ou da Assembleia de Deus.
Será que os sites evangélicos vão publicar isso? Será que a imprensa de São Paulo vai desmascarar o mentiroso do Haddad?
Esta eu deixei para o final: os pastores que estavam na reunião questionaram Haddad sobre o kit gay, e ele se recusou a responder. Segundo Haddad, quando eu apoiei Serra, ele disse que não iria dar importância ao submundo da política e ao mundo das trevas. Agora, com medo de não receber o voto dos evangélicos, monta uma farsa para tentar ludibriar o povo de Deus em São Paulo.

Fonte: Belverede via Verdade.Gospel.Com  
Postado no Site Verdade Gospel:

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

25 DE OUTUBRO: DIA DO DENTISTA

Parabéns a todos os Dentistas mundo a fora pelo sorriso que nos pode proporcionar...




Comemora-se o Dia do Dentista em 25 de outubro porque nesta data, em 1884, foi assinado o decreto 9.311, que criou os primeiros cursos de graduação de odontologia do Brasil, no Rio de Janeiro e na Bahia. Uma portaria do Conselho Federal de Odontologia tornou a data oficial para a comemoração do Dia do Dentista Brasileiro. O dentista é o profissional que cuida dos dentes, gengivas e de alguns ossos faciais, como o maxilar. Até bem pouco tempo atrás, o dentista era temido pelo barulhinho amedrontador de seus instrumentos. Hoje, com instrumentos mais modernos, tratar de uma cárie já não assusta tanto. O tratamento pode ser feito até mesmo com laser. No entanto, muitas pessoas ainda preferem ficar longe de um consultório odontológico. Além de tratar de cáries, o dentista é responsável por realizar a prevenção de doenças da boca e ensinar a correta higiene bucal. Quando especializado em ortodontia, o profissional realiza os procedimentos necessários para corrigir a posição dos dentes por meio do uso de aparelhos ortodônticos e quando necessários, por meio da extração de alguns deles. O dentista é responsável ainda por certos tipos de cirurgias faciais.


Postado no Site Mensagem de Amor:

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

"SALVE JORGE" E O ALERTA GERAL...


Alerta: Toda verdade sobre "SALVE JORGE"

Márcio de Souza



Ai meu Deus... Lá vem os crentes com a demonização das coisas novamente. Assim nem o diabo aguenta! Bastou pintar uma novela com o nome SALVE JORGE e a crentada já ficou toda em alerta vermelho com os ataques de satã. haja paciência. Antes que digam que sou noveleiro, quero dizer que não curto novela, mas também não condeno quem curte. A minha opção é priorizar coisas melhores.

Eis aqui algumas teorias sobre SALVE JORGE:

1- SALVE JORGE é consagrada ao demônio Ogum que é São Jorge no sincretismo. Resposta: Porcaria nenhuma, a globo vai ficar se dando o trabalho de ficar consagrando novela para o demônio pra que? Já que os crentes já assistem, assimilam e torcem para os valores errados em toda novela que pinta. Seria uma perda de tempo do capeta se meter nisso. Pro diabo, se melhorar, estraga.

2- As pedras preciosas e o balangandã (entre SALVE e JORGE) no logotipo da novela indicam que JORGE está entronizado na novela. Resposta: Problema é dele e de quem entronizou ele. A opinião bíblica sobre isso é que o único que está entronizado, assentado sobre um trono é CRISTO e não JORGE.

3- São Jorge é o orixá que rege a Globo. Resposta: Ele pode até reger a Globo, mas não rege a minha vida, nem tampouco influencia o que eu penso ou faço. O dono da minha vida é Cristo.

Mas a verdade mesmo é que esse nome foi dado a novela por conta dela acontecer parte na Turquia (Capadócia), cidade natal de Jorge e parte por ter um protagonista que é devoto de São Jorge e toca na igreja católica em determinada festividade por conta disso. Eu tenho horror desse burburinho que se cria por causa de um simples título de novela. Fazemos coisas muito piores nos nossos templos do que sugere esse nome de novela e ninguém fala nada. Coamos um mosquito, mas engolimos um camelo. Mas tudo bem né, se for um Jorginho gospel ou o Jorge tufão ta tudo certo, não pode é ter nome de santo.

Em tempo: A novela não fala de são Jorge, e sim do mito do guerreiro. E a única referência ao santo é o fato dele ser o padroeiro da cavalaria da trama.

E no mais, tudo na mais santa paz!

Leia Mais em GENIZAHhttp://www.genizahvirtual.com/2012/10/alerta-toda-verdade-sobre-salve-jorge.html#ixzz2AEbYe6Fq 
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

terça-feira, 23 de outubro de 2012

MOTORISTA DE CARRETA ASSALTADA NO ULTIMO DIA 20, FOI LOCALIZADO‏


Carreteiro conquistense encontrado com vida



Motorista da carreta roubada
Edmilson Pacheco Ribeiro
O motorista Edmilson Pacheco Ribeiro, de 46 anos, que conduzia uma carreta com uma carga de café e que foi tomada de assalto, conseguiu sair do cativeiro após dois dos três meliantes desamarraram o mesmo e dizer que ele só poderia sair do local cerca de uma hora depois. O motorista foi até a Delegacia de Presidente Tancredo Neves e contou que quando estava conduzindo a carreta na BR-101, por volta das 21h30mim, da noite do dia 20 do corrente, em uma ladeira perto do trevo de Uruçuca, a carreta parou de vez e ele conseguiu jogar para o acostamento e quando foi descer para ver o que estava ocorrendo, um indivíduo que estava armado com um revólver fez o mesmo retornar para a cabine e disse que era um assalto. Naquele momento o motorista percebeu que o primeiro assaltante subiu na carreta e puxou uma mangueira e a carreta parou. Ele foi colocado na cama da carreta com os braços amarrados e cerca de 10 km depois outros dois indivíduos o colocaram em um veículo pequeno e o levaram para uma estrada vicinal na entrada do município de Ibirataia onde ficou amarrado em uma árvore até as 22h30mim de ontem, no entanto, não foi agredido pelos meliantes, sendo que um tinha um sotaque "castelhano". O cavalinho da carreta foi abandonado em um posto de gasolina na cidade de Presidente Tancredo Neves e já foi devolvido à empresa, porém, a carreta não foi localizada até o presente momento. 

Postado no Blog AMARELINHO10:

IRMÃO CAMINHONEIRO SEQUESTRADO...


Motorista conquistense é sequestrado e está desaparecido


O motorista Edmilson Pacheco Ribeiro de 45 anos, natural de Vitória da Conquista está desaparecido. Segundo informações da policia do município de Tancredo Neves – BA, publicadas no Blog do Nildo Freitas, a carreta bitrem de placa policial JOV-9574 e JOV-9924 que ele conduzia foi tomada de assalto na madrugada do ultimo domingo (21), por volta 01h 00mim, nas imediações do município de Wenceslau Guimarães e o motorista levado como refém. Segundo o gerente da Transportadora Transvicon – Transporte Vitória da Conquista Ltda, com sede em Salvador a carreta estava carregada com 39.950 kg de café em grão.
De acordo com informações que chegaram a policia os assaltantes conduziram a carreta até um posto de gasolina, localizado às margens da BR-101, no município de Presidente Tancredo Neves BA, e, após roubarem a carga, levaram de refém o motorista que até o momento não foi localizado.
O cavalinho de placa JOV-9500, licença de Vitória da Conquista foi deixado no referido posto e levado para o pátio da Polícia Militar, dentro dele foram encontrados todos os documentos, celular e os pertences do motorista.
Qualquer informação que leve a localização do motorista e da carreta pode ser passada diretamente a delegacia de Polícia de Presidente Tancredo Neves, através do número (73) 3540-1065.
A família de Edmilson também disponibilizou os telefones para contato: (77) 3424-4765 / 8846-3643 / 8807-4784. 
Fonte: Nildo Freitas.com
Postado no Blog da Resenha Geral:

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A CRISE DE AUTORIDADE NA IGREJA...


"E o mau exemplo vem de cima, daqueles que deveriam exercê-la e não o fazem, então, as bases se rebelam"



Introdução
ApostasiaNão sei se falar de autoridade ou crise de autoridade é um bom assunto para esse tempo, pois a questão de autoridade está muito desgastada. E o mau exemplo vem de cima, daqueles que deveriam exercê-la e não o fazem, então, as bases se rebelam, porque são obrigadas a se submeterem a códigos de lei e de conduta que os próprios feitores deixam de cumprir. Nada é tão revoltante quanto a falta de cumprimento das leis por aqueles que as fizeram e que deveriam servir de exemplo para as bases da sociedade. Mas infelizmente, vivemos dois extremos porque dentre os direitos do cidadão, está a intocabilidade do corpo e qualquer autoridade, principalmente aqueles que tem a responsabilidade de controlar a conduta do individuo, quer coagir ou torturar alguém, pode ser denunciado por abuso de poder, passando a estar sujeito às penas da lei. E por isso o outro extremo é fazer de conta que nada está acontecendo, que nada viu. Isso, infelizmente, tem valido para as autoridades civis, religiosas e também na família. A sociedade, a Igreja e a família vivem os dois extremos da questão: frouxidão ou excesso de autoridade. Com isso quem sempre sai perdendo são aqueles que deveriam aprender as orientações necessárias (balizadoras) para uma boa conduta social. As pessoas estão vivendo sem parâmetros, sem limites e isso tem trazido e continuará trazendo grandes e incalculáveis prejuízos a toda sociedade.


1. A Rebaldia nos Tempos Modernos
O apóstolo Pedro escreveu alertando quanto a existência de falsos mestres que, andando segundo a carne, desprezam as autoridades. “Especialmente aqueles que, seguindo a carne, andam em imundas concupiscências e desprezam toda autoridade” II Pedro 2:10. Dá para se perceber que o problema de rebeldia contra as autoridades é de longa data. Mas, os mais idosos insistem em dizer que as coisas estão muito mudadas, já não são como antigamente. Caiu-se, portanto, num sistemadepreciativo da autoridade, e isso em todos os segmentos da sociedade, inclusive a Igreja e a família. As conquistas sociais forjaram várias gerações de jovens que abraçaram de certa forma, um ideal de liberdade: “sigo minha consciência, faço o que me dá prazer” e muitos jovens embarcaram nessa canoa furada e, assim perdeu-se o controle da situação. Muitos pais reclamam da rebeldia de seus filhos: crianças que não querem estudar; adolescentes que fogem da escola; jovens e adolescentes que se envolvem com drogas; e ainda as facilidades de relacionamentos sexuais ilícitos; e tudo isso também dentro das Igrejas evangélicas da atualidade. Isso deve-se, principalmente, a influencia nociva dos meios de comunicação em massa, que instrui, mas também perverte. Perversão de menores é considerado em nossa nação crime hediondo com severa punição; mas ao mesmo tempo ninguém perverte mais menores do que a TV e as autoridades não se preocupam com isso. A rebeldia desse tempo tem sido assustadora. O fato é que filhos-problema podem revelar a existência de pais-problema. A psicologia revela que quando um filho se envereda pelo caminho das drogas, a família já ficou doente antes do fato acontecer. Com tudo isso, se cumpre aqui a profecia de Paulo. “Sabe, porém, isto: nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, profanos, sem afeição natural, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder” II Tim. 3:1-5.

2. Como Liderar Neste Tempo
As dificuldades começam na família. A Igreja é – o que são as família. Muitos jovens, casam-se, hoje em dia, sem estarem devidamente preparados para a vida a dois. Casam-se para ficarem livres dos pais, para alcançarem uma pretensa independência, ou para legalizarem uma vida sexual ativa vivida as escondidas; casam-se para fins menos nobres e, no decorrer dos dias é que vão se deparando com as questões mais sérias de uma vida a dois. Vários desses jovens entram para o casamento trazendo um filho na barriga ou mesmo já nascido. Como vão educar uma criança se não aprenderam a cuidar de si mesmo? Por canta dessa má preparação para a paternidade e para maternidade que vemos o mundo de cabeça para baixo. Um mau filho não tem condições de educar filho. Será uma tragédia. E sempre são as crianças que sofrem nas mãos desses pais. Pais embrutecidos pelos problemas da vida, que descarregam sobre a inocente criança suas frustrações e seus recalques. Pais viciados em drogas; pais infiéis; pais com linguajar indecente; etc. Isso precisa mudar! E lamentavelmente, muitas dessas coisas ruins são praticadas por pais ditos evangélicos. Não podemos esquecer que a Igreja é formada de famílias. E a Igreja é o que são as famílias. E vale aqui a exortação de Paulo: “E vós, pais, não provoqueis a ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor” Efésios 6:4. Há pais que são mestres em provocar a ira a seus filhos. Como fazem isso? Vivendo de forma a não dar-se ao respeito, a não preservar sua condição de pai e a autoridade inerente ao seu posto. Autoridade é uma conquista e não uma imposição. Isso tem se repetido na Igreja. Muitos pastores e lideres não conquistam autoridade e querem impor-la. Esse tem sido um grande e grave problema das Igrejas desse tempo. Muitas Igrejas tem-se dividido por esse motivo. Muitos pais cobram da Igreja um resultado para a vida de seus filhos, quando esse resultado deveria ter sido conquistado lá atrás, quando os filhos eram menores, e viam nos seus pais os seus heróis os quais imitavam e tinham orgulho de chamar de “meu pai”, “minha mãe”. Mas depois cresceram e começaram a perceber que os pais não eram tão heróis assim, nem tão honestos e nem tão educados e nem tão crentes como a fachada que ostentavam; então cai-lhe a máscara e a farsa passa a não ser mais funcional. Provocar a ira aos filhos pode ser: responder mal; não dar atenção requerida; não respeitar o cônjuge e assim despertar a revolta. Provocar a ira pode ser uma atitude indireta: ser irresponsável e não contribuir para a boa formação do caráter e do futuro do filho, ou mesmo prejudicar seus sonhos por meio de um comportamento inadequado, como por exemplo, uma separação. Ser líder não é sinônimo de autoritarismo. Pode-se e deve-se exercer a disciplina com autoridade e nem por isso se perderá a simpatia e a amizade dos liderados. Todo liderado sabe quando erra e quando está a merecer disciplina. Saber aplica-la na hora certa e na dose certa e com amor será muito benéfico para a formação de seu caráter, principalmente quando se trata de filhos.

3. O Respeito de Aprender em Casa
A necessidade de harmonia entre o marido e a mulher. Rompe-se a teia de autoridade que deve ligar os relacionamentos familiares, principalmente entre os pais e seus filhos, quando o casal já não sabe lidar com sabedoria e amor entre si. Esta é a grande questão! Como um casal vai exercer autoridade sobre os filhos e como vai cobrar deles um certo tipo de comportamento em função da obediência que lhe é devida, se os próprios pais vivem em desarmonia, agindo até de maneira inconveniente? Fica difícil exercer autoridade! A crise de autoridade que ai está começa no lar. Para que a autoridade flua é preciso que, o casal esteja desfrutando de um relacionamento sadio, ordeiro, dinâmico e frutífero. Esta harmonia entre marido e mulher será de grande valor para os filhos, pois estes aplicarão em suas vidas o exemplo prático dado pelos pais. Aliás, ser exemplo no lar é o que mais funciona. Sem o exemplo pessoal não formamos sadiamente o caráter de nossos filhos. Não podemos errar nesse ponto, sob o risco de por a perder todo o futuro moral de nossos filhos. Quando isso acontecer, não adianta chorar o leite derramado. Que o Senhor nos ajude na construção do caráter de nossos filhos, pois é mais fácil construir um menino do que remendar um homem. Por isso o casal deve construir um relacionamento ordeiro, fundamentado no amor. Entendendo que o casamento deve ser digno de honra, bem como manter-se sem qualquer mancha que possa desmerecê-lo. “Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará” Heb. 13:4 Na construção de uma vida de paz, amor e harmonia, o casal estará criando condições para levar os filhos a investirem também na busca de uma vida sincera, honesta, respeitável, com cumprimento de seus deveres e em respeito aos pais e demais autoridades.

Conclusão!
Precisamos, portanto, entender que a Bíblia reconhece o valor das autoridades. E a figura do pai é peça chave no exercício da autoridade. As famílias enfrentam muitos problemas hoje, por causa da omissão masculina dentro do lar. A autoridade que funciona é aquela que se exerce na base do amor. Pois o amor é a base da vida. Sem amor nada funciona como deveria. Precisamos aprender a exercer a autoridade com base nos princípios Bíblicos, pois quando assim fazemos os resultados são infalíveis. O preço é a fidelidade a Deus e sua palavra. Quem for sábio que o pague e verá os lucros futuros na vida de seus liderados e principalmente na vida de filhos prósperos, dedicados e fiéis servos do Senhor. “Pois toda escritura é proveitosa para ensinar, repreender, corrigir, e instruir em justiça” II Tim. 3:16

Postado no Blog Sermões Online:

domingo, 21 de outubro de 2012

CEADEB 2012 - HORA DE MUDANÇA: DÊ UM BASTA! II

"Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio"

OBREIROS DE PORTO SEGURO COBRANDO SATISFAÇÃO DO PRESIDENTE NA CEADEB

PR. ALFREDO PACHECO - CANDIDATO À PRESIDENTE
PASTOR ALFREDO PACHECO - RECONQUISTANDO PROMESSAS
http://pastoralfredopacheco.blogspot.com.br/2011/06/reconquistando-promessas.html

PR. DEP. SGT. ISIDÓRIO - 
CANDIDATO À PRESIDENTE

PR. DEPUTADO SGT/PM ISIDÓRIO - FOTO ARQUIVO PESSOAL
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=113048135445757&set=a.113048128779091.26244.100002217134115&type=1&theater

Pr. WOLMAR ANCÂNTARA - CANDIDATO À PRESIDENTE
PASTOR WOLMAR ALCANTARA - FOTO ARQUIVO PESSOAL
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=363463913732219&set=t.1312632009&type=3&theater

Está chegando a hora em que as peças do tabuleiro de xadrez novamente serão movidas na CEADEB - Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia, onde serão eleitos para o triênio 2013/2015 aqueles que "representarão" ou não o Evangelho de Cristo ou seus próprios interesses através da mencionada instituição.
As Sagradas Escrituras nos orienta a cerca de nosso comportamento em Gálatas 6:7 Não vos enganeis: Deus não se deixa escarnecer; pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Para tanto, também a Bíblia nos ordena viver em "novidade de vida" e, este é o anseio de todos que direta ou indiretamente fazem parte da CEADEB
Assim sendo, é que conclamamos aos candidatos acima que também obedeça a voz profética quando diz: E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” (Ec 4:9-12).
A hora vêm...  

QUER MUDANÇA???  VOTE CONTRA!
Juízes 7 - Lembra dos Covardes e Medrosos???
"DEUS NÃO TEM PRAZER NELES!"


- POR QUE NÃO VOTAR NO ATUAL PRESIDENTE  DA CEADEB - VALDOMIRO PEREIRA DA SILVA ??? (VEJA NO LINK ABAIXO)

http://www.sandovaloprotestante.blogspot.com.br/2012/11/ceadeb-2012-hora-de-mudanca-de-um-basta.html

Imagens: Google & Facebook https://www.facebook.com/photo.php?fbid=361492950600115&set=a.361482690601141.85879.100002182407789&type=1&theater

P.S.: DIREITO DE RESPOSTA ASSEGURADO POR ESTE BLOG