WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sábado, 24 de setembro de 2011

ÁLCOOL A DROGA DA MORTE: MATA TANTO QUANTO O CRACK!

alcoool

Álcool é “DROGA”

29.06.2010


Você sabia que o álcool é a droga mais perigosa do mundo, para humanidade? Não é a mais forte, mas, é a que mais provoca intrigas, violências, desemprego, acidentes; principalmente na família. Por ser a mais barata, a mais fácil de encontrar, por não ser proibida e por fazer parte da nossa cultura já a muitos anos, é que tornou-se motivo de destruição para muita gente. O álcool, é a “DROGA”  psicoativa mais antiga da humanidade. O consumo regular, traz complicações no sistema digestivo, podendo resultar em câncer na boca, faringe, laringe e esôfago, atrofia do cérebro, demência, icterícia, tele-angioma (ruptura dos vasos sanguíneos da superfície), eritema palmar, varizes abdominais, fluído abdominal, atrofia testicular, pancreatite, edema de tornozelos, tendência a sangramento fácil, tremor, cirrose, hipertensão, dilatação dos vasos sanguíneos, coração aumentado e enfraquecido, etc. Também afeta a memória e destrói a vida social familiar e afetiva do dependente. Você sabia que a dependência alcoólica é uma doença incurável? Além de provocar muitas doenças graves (que vemos a seguir), que quando diagnosticadas, dificilmente o médico fala que elas são conseqüência do uso de bebidas alcoólicas.

Câncer
A longo prazo, o álcool aumenta também o risco de desenvolver outros tipos de câncer, especialmente no esôfago, boca, garganta e cordas vocais. As mulheres têm um risco ainda maior de desenvolver câncer de mama. A bebida também pode aumentar o risco de câncer de intestino.
Pancreatite
O pâncreas é o órgão que ajuda a regular os níveis de açúcar no corpo, produzindo insulina e desempenha papel importante na digestão de diversos alimentos. A ingestão diária de bebidas, pode levar à pancreatite (inflamação do pâncreas). Os sintomas são dores abdominais agudas e perda de peso, podendo levar à morte.
Devemos nos prevenir contra o alcoolismo, quando nos deparamos com as agressivas propagandas de cerveja na televisão. Como a maioria não tem informações sobre os grandes males provocados pelo ÁLCOOL, ficamos no mínimo atraídos e vulneráveis a elas, pois, as fábricas para nos impressionar, contratam a peso de ouro as mais belas garotas, artistas e esportistas consagrados. Montam  um impressionante e bem humorado cenário para prender a nossa atenção e assim encher os olhos e aguçar a curiosidade, de quem as vê.
E é aí que mora o grande perigo. As fábricas nunca irão dizer que o ÄLCOOL é uma droga destruidora, que pode levar à morte. E nem irão alertar que destroem  sonhos, famílias, vidas. O único interesse delas, é o lucro financeiro.
Para os adultos, estas propagandas podem até provocar menos impacto. Mas, para os jovens que ainda não tem uma opinião formada sobre o assunto, tornam-se um alvo fácil e acabam fazendo uso do Álcool de forma prematura, desencadeando um efeito que por certo não acabará bem.
Segundo a Secretaria Nacional Antidrogas, nos dias atuais vemos os jovens e (também as jovens), entrando no uso do Álcool, muito mais cedo. Nas décadas de 80 e 90, era comum eles começarem a experimentar algum tipo de bebida alcoólica entre 14 e 15 anos de idade. Hoje porém, o início se dá entre 10 e 11 anos. Isto é destruidor, pois, o organismo deles ainda está em formação, tornando-os assim perigosamente vulneráveis a doenças físicas, mentais, e sendo induzidos a experimentarem outras drogas também.
Os noticiários de rádio e tv, dão conta de que 70% dos acidentes, tem como principal causa a ingestão de bebidas alcoólicas, dos quais, 50% ocasionam vítimas fatais e 50% deixam as pessoas com seqüelas as vezes irreparáveis, ocasionando um gasto excessivo aos cofres públicos e muita tristeza nas famílias.
Os homicídios, também tem como foco principal o uso de Álcool, onde cerca de 70% dos crimes contra a vida, são cometidos por pessoas alcoolizadas e geralmente após as 22 horas.
Os acidentes de trânsito no Brasil, apresentam dados alarmantes, e matam mais do que todas as guerras juntas. Aproximadamente 42.000 pessoas morrem por ano, vítimas de acidentes de trânsito. Desse percentual, 34.000 morrem no local do acidente e 8.000 são feridos graves que morrem posteriormente nos hospitais. Grande parte dessas mortes poderiam ser evitadas, se os motoristas  fossem mais responsáveis e prudentes, se evitassem de  beber antes de dirigir.
Ocorrem pelo menos 960 acidentes por dia nas rodovias brasileiras. Uma média de 40 por hora, ocasionando cerca de 75 mortes por dia nas estradas.
Isto tudo acontece porque o álcool é uma droga psicotrópica, que vai rapidamente para a corrente sangüínea, atingindo o cérebro e o sistema nervoso central, alterando assim perigosamente, o comportamento da pessoa.
“É por isso que devemos alertar e conscientizar as pessoas, principalmente os mais jovens, que no impulso da curiosidade e influência e pressão dos amigos, caem nesta armadilha que para muitos, é um caminho que pode não ter volta.
E a Igreja que tem o papel de Mãe protetora e orientadora, deve ser a primeira a exercer esta importante tarefa.”
E é justamente para ajudar neste desafio, que foi criada a Pastoral antialcoólica.


Fte: Onofre  Tomelin.
(textos parciais e estatísticas, Secretaria Nacional Antidrogas).

Postado no blog Pastoral Antiacólica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.