WEB RÁDIO JESUS A VIDA

sexta-feira, 8 de julho de 2011

QUE É DIREITOS HUMANOS? VEJA O QUE FAZ QUEM MAIS FALA NELES!

Os ativistas gays sabem mesmo o que são direitos humanos?

Muita gente ainda não sabe que o conceito internacional de direitos humanos também abarca a ideia de liberdade de pensamento e de expressão. A Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU), prevê o seguinte, em seu artigo 19º.: Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Segue-se que todos os seres humanos — dos gêneros masculino ou feminino, inclusive os homossexuais, que nasceram homens ou mulheres, mas têm todo o direito de serem o que quiserem ser — têm assegurada a liberdade para opinar e se expressar. Aliás, no Brasil, a Constituição Federal também nos dá essa garantia, e o Supremo Tribunal Federal, por sua vez, garante até mais que isso, visto que legitimou, recentemente, a manifestação em favor do uso de drogas ilegais.Agora, preste atenção ao que escreveu certo bacharel em psicologia (não me pergunte o nome dele) em seu livro: “O homossexualismo, atualmente chamado de homossexualidade, é apenas uma expressão natural da sexualidade humana, e tudo o que se disser ao contrário é uma afronta aos direitos humanos universais. Ele não é uma doença, não é uma perversão e muito menos um pecado. Não acredite em religiosos fanáticos ou em estudos pseudocientíficos de cura ou conversão. Aceite seus desejos homossexuais e seja feliz”.Bem, valendo-me da minha liberdade de expressão, garantida pela Constituição Federal e, sobretudo, pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, utilizarei a mesma construção frasal do aludido escritor para defender um pensamento: A Bíblia, também chamada de a Palavra de Deus, é inerrante e infalível. Quem a lê é mais sábio do que os que não a leem. E tudo o que se disser contra isso é uma afronta aos direitos humanos universais. A Bíblia não é ultrapassada, muito menos preconceituosa. Não acredite em elegebetistas, que são homossexuais fanáticos, ou em estudos pseudocientíficos que se contrapõem às verdades irrefutáveis do Deus Eterno. Aceite que a Bíblia é a Palavra de Deus e seja feliz.Os elegebetistas podem ser o que eles quiserem, pois têm liberdade de opinião e expressão. Mas estão equivocados em sua luta inglória contra evangélicos e católicos. Afirmam eles que lutam contra o preconceito, a discriminação e a intolerância, mas fazem afirmações preconceituosas e discriminadoras, chamando de violadores dos direitos humanos e homofóbicos os que pensam de modo diferente. Agem com intolerância em relação aos religiosos, xingando-os publicamente em sites de relacionamento. E pedem respeito desrespeitando a fé da maioria dos brasileiros durante a Parada Gay.Se os evangélicos e católicos pregam, em tese — e não de maneira ofensiva e depreciativa —, segundo a Bíblia, contra o pecado da homossexualidade, é porque eles amam a pessoa do homossexual e querem que ela conheça a vontade de Deus. Mas os ativistas gays preferem torcer os fatos. Tratam os pastores, padres e o povo cristão como verdadeiros fomentadores do ódio só porque estes não concordam com a ideologia elegebetista.Na verdade, os ativistas gays precisam aprender a ser mais tolerantes e respeitosos, visto que pregam a tolerância e o respeito. Ou eles pensam que vão prevalecer na base do grito, discriminando e ridicularizando evangélicos e católicos em suas passeatas, nas redes sociais e com a ajuda da mídia gay e evangelicofóbica? Pensam eles que vão calar a voz dos pregadores, associando-os, de modo calunioso, ao ódio homofóbico?O movimento LGBTUVWXYZ fala muito em Estado de direito e laico... Sabe o que os ativistas gays querem dizer com isso? Que a maioria cristã brasileira é um bando de ignorantes e fanáticos que deve calar a boca!Preconceituosos, eles pensam que somente os liberais, esquerdistas, defensores do aborto (isto é, assassinato de crianças) e ativistas gays têm capacidade para participar do governo... Todo religioso é fanático e ignorante? Democráticos os elegebetistas, hein?Chego à conclusão de que os ativistas do homossexualismo não sabem o que é liberdade de opinião e expressão. “Mas, escritor, você usou o termo ‘homossexualismo’?” Isso mesmo. Qual é o problema? “Você não sabe que essa palavra é preconceituosa e foi retirada da língua portuguesa?” Vejam que petulância! O aludido termo ainda consta dos dicionários da língua portuguesa (inclusive depois do Acordo Ortográfico), a despeito de o movimento LGBTUVWXYZ, evocando os direitos “homanos”, afirmar o contrário.Diante do exposto, qualquer projeto de lei (PLC 122, PEC 23, etc.) que tenha como proposta impedir a liberdade de opinião e de expressão é nulo, haja vista ser anticonstitucional e contrário à Declaração Universal dos Direitos Humanos. A grande contradição é que as pessoas que mais falam em direitos humanos no Brasil são as ativistas gays...

Por Ciro Sanches Zibordi - Publicado no Blog do Ciro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.