WEB RÁDIO JESUS A VIDA

quarta-feira, 13 de julho de 2011

BULLYING NÃO É LEGAL!

Bullying
Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (do inglês bullytiranete ou valentão) ou grupo de indivíduos causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.

Características da vítima do Bullying
São pessoa com classe diferenciada, inteligência acima dos outros, estilo de roupa, modo de andar, penteado ou até mesmo o modo de falar; Se eles te veem e te acham diferente já vão logo procurar um defeito para te pertubar até você pedir para sair do colégio. Fazem com que as vítimas se sintam rejeitadas e excluídas da sociedade, isso ocorre quando a vítima é piscicologicamente frágil pois se a vítima for forte, ela ignora e acaba passando despercebido.

Consequências do bullying


Devido à enorme pressão a que o bullying sujeita o indivíduo, 
este torna-se frágil. Uma vez fragilizada, a vítima apresenta dificuldades 
de comunicação com os outros, o que influencia negativamente a sua capa-
cidade de desenvolvimento em termos sociais, profissionais e emocionais
/afectivos (Ventura, 2006). 
A incompreensão é algo que as vítimas sentem habitualmente por parte dos
outros.
As consequências do bullying para a vítima são muitas e destacamos as 
seguintes:
  • baixa auto-estima,
  • medo,
  • angústia,
  • pesadelos,
  • falta de vontade de ir à escola e rejeição da mesma,
  • ansiedade, dificuldades de relacionamento interpessoal,
  • dificuldade de concentração, diminuição do rendimento escolar,
  • dores de cabeça, dores de estômago e dores não-especificadas,
  • mudanças de humor súbitas,
  • vómitos,
  • urinar na cama,
  • falta de apetite ou apetite voraz,
  • choro,
  • insónias,
  • medo do escuro,
  • ataques de pânico sem motivo,
  • sensação de aperto no coração,
  • aumento do pedido de dinheiro aos pais e familiares,
  • furto de objectos em casa, surgimento de material escolar 
    e pessoal danificado,
  • desaparecimento de material escolar,
  • abuso de álcool e/ou estupefacientes,
  • auto-mutilação,
  • stress,
  • suicídio.
Ponto em comum em todos os casos: ocorre tudo sem motivo aparente 
(Ventura, 2006; Wikipédia, 2007).

Com o passar do tempo, as vítimas de bullying tanto podem recuperar 
destes traumas sofridos durante o período escolar, como podem desenvolvê
-los mais e mais, até entrarem num ponto irreversível, como é o caso 
do desespero levado ao extremo culminar em suicídio (Abrapia, 2006). 
A superação,ou não, destes traumas passa pelo tipo de família da vítima, 
assim como pelo meio onde vive, pelas suas relações sociais e pela sua 
própria personalidade (Abrapia, 2006).

Na vida adulta, as vítimas de bullying também manifestam consequências 
deste período, como sentimentos negativos, seriedade, problemas de 
relacionamento e até mesmo agressividade. A prática de bullying no tra-
balho é também umas das consequências que a vítima de violência escolar
pode vir a apresentar (Abrapia, 2006).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito agradecido pela sua visita. Deus o abençoe.
Thank you very much for your visit. God bless you.
Большое спасибо за ваш визит. Да благословит вас Бог.
Vielen Dank für Ihren Besuch. Gott segne dich.